O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Antevisão: Jogos de terça-feira do "play-off"

Antevisão dos jogos de terça-feira da primeira mão do "play-off": Manchester United - Club Brugge, Lázio - Leverkusen, BATE - Partizan e Astana - APOEL.

Antevisão: Jogos de terça-feira do "play-off"
Antevisão: Jogos de terça-feira do "play-off" ©AFP/Getty Images

Manchester United - Club Brugge
• O United possui talento belga no plantel, Adnan Januzaj e Marouane Fellaini, ambos nascidos em Bruxelas (na área de Etterbeek no caso de Fellaini). Fellaini jogou no Club Brugge sob as ordens de Michel Preud'homme, entre 2006 e 2008, quando este era treinador do Standard Liège, tendo ganho o título da Bélgica em 2007/08.
• O Club Brugge não venceu qualquer dos 11 jogos realizados em Inglaterra (2E 9D). Os belgas também não ganham há seis confrontos (casa e fora) ante equipas de Inglaterra, desde a vitória frente ao Chelsea, por 1-0, na primeira mão dos quartos-de-final da Taça dos Vencedores das Taças de 1994/95 (acabaram eliminados ao serem derrotados por 2-0 na segunda mão).

Louis van Gaal, treinador do Manchester United
Há muita pressão porque o nosso objectivo é chegar à Champions League. Isso é o que Arsène Wenger disse no ano passado – que eliminatórias como estas são difíceis. O Brugge, sob o comando de Michel Preud'homme, defende muito bem. Também ataca bem, por isso vai ser um jogo complicado. É por isso que a pressão é elevada.

Michel Preud'homme, treinador do Club Brugge
É claro que eles têm mais hipóteses do que nós, mas em nomeadamente em Inglaterra muitas vezes vê-se as equipas mais pequenas baterem as maiores. Vê-se isso a toda a hora na taça. Temos as nossas hipóteses, temos de tentar e jogar de igual para igual, e ver até onde isso nos levará. Em Inglaterra, estou certo de que a pressão está do lado do Manchester United porque tem de vencer o Club Brugge. Sabemos o que isso é porque os jornalistas belgas dizem sempre que temos de ganhar.

Lazio - Leverkusen

Sporting - CSKA (antevisão à parte)

BATE - Partizan

Astana - APOEL
• Nenhum clube do Cazaquistão venceu um "play-off" na UEFA; o Shakhter transitou para a fase de grupos da UEFA Europa League em 2013/14 após perder com o Celtic no "play-off" da UEFA Champions League, enquanto o Astana saiu derrotado por 7-0 no total frente ao Villarreal depois de apurar-se no "play-off" da UEFA Europa League.
• O APOEL não pode contar com Vander, Sathis Aloneftis e Urko Pardo devido a lesão.

Cinco grandes golos no play-off
Cinco grandes golos no play-off

Stanimir Stoilov, treinador do Astana
Queremos a bandeira da Champions League a voar alto na Astana Arena por muito tempo. Este é um jogo de enorme importância para o Cazaquistão. Há nervos na equipa, mas certamente não será o fim do mundo se formos eliminados. A ausência de Patrick [Twumasi] será sentida. Vamos tentar mudar a equipa e o nosso plano de jogo, mas precisamos de ser cautelosos durante os 90 minutos.

Domingos Paciência, treinador do APOEL
Não estamos habituados a jogar em superfícies artficiais, tem características diferentes, mas temos de estar preparados e adaptarmo-nos rapidamente. Sabemos que o Astana é uma boa equipa com qualidade de jogo. Marcou sete golos nos embates contra o Maribor e o HJK, por isso temos de estar concentrados e fazer um bom resultado aqui.

Conteúdos relacionados