Retrospectiva: Chelsea - Paris

Paris e Chelsea encontram-se na UEFA Champions League um ano depois do embate entre ambos nos quartos-de-final ter terminado favorável à equipa de Londres.

André Schürrle marcou pelo Chelsea ao Paris nos quartos-de-final da época passada
André Schürrle marcou pelo Chelsea ao Paris nos quartos-de-final da época passada ©AFP/Getty Images

Paris Saint-Germain e Chelsea FC vão defrontar-se pela segunda época consecutiva nas eliminatórias da UEFA Champions League e o emblema londrino quer repetir o triunfo conseguido há 10 meses.

• As equipas estão empatadas 1-1 após o primeiro jogo, disputado a 17 Fevereiro, com Branislav Ivanović a colocar o Chelsea na frente na primeira parte e Edinson Cavani a responder após o intervalo.

• Os jogadores do Paris irão envergar braçadeiras negras no encontro. Oito cidadãos franceses, incluindo três desportistas, perderam a vida num desastre de helicóptero na Argentina ocorrido na segunda-feira.

Encontros anteriores
• Nos quartos-de-final de 2013/14, o Paris começou por vencer por 3-1 em casa, com David Luiz, que na altura alinhava no Chelsea, a fazer um auto-golo. Eden Hazard converteu uma grande penalidade que se revelou decisiva no triunfo do Chelsea por 2-0 em Stamford Bridge.

• As equipas que alinharam em Stamford Bridge a 8 de Abril de 2014 foram as seguintes:
Chelsea: Čech, Ivanović, Cahill, Terry, Azpilicueta, David Luiz, Lampard (Ba 66), Willian, Oscar (Torres 81), Hazard (Schürrle 18), Eto'o.
Paris: Sirigu, Jallet, Alex, Thiago Silva, Maxwell, Verratti (Cabaye 55), Thiago Motta, Matuidi, Lucas (Marquinhos 85), Cavani, Lavezzi (Pastore 73).

• As equipas empataram 0-0 em Londres na fase de grupos de 2004/05, depois de o Chelsea ter triunfado por 3-0 em Paris. José Mourinho teve uma estreia vitoriosa no comando dos ingleses na UEFA Champions League na época seguinte a ter conquistado o troféu com o FC Porto.

• Os clubes alinharam da seguinte forma em Stamford Bridge a 14 de Setembro de 2004:
Chelsea: Cudicini, Johnson, Gallas, Carvalho, Bridge, Parker, Smertin, J Cole, Lampard (Gudjohnsen 62), Robben (Duff 46), Kežman (Drogba 62).
Paris: Letizi, Mendy, Cana, Armand, M'Bami, Pierre-Fanfan, Rothen (Ateba 84), Cissé (Bošković 83), Pauleta (Pancrate 90), Yepes, Reinaldo (Coridon 77).

• O Chelsea não sofreu golos em cinco dos seis jogos que disputou em casa com equipas francesas. A única excepção foi um empate a dois golos frente ao AS Monaco FC na segunda mão da meias-finais da UEFA Champions League de 2003/04, um resultado que contribuiu para a eliminação com um total de 5-3.

• Os “blues” golearam em casa a equipa do FC Girondins de Bordeaux treinada por Laurent Blanc, por 4-0, na primeira jornada da edição de 2008/09, antes de empatarem 1-1 em França.

Retrospectiva
Chelsea
• Os londrinos, que chegaram até às meias-finais na época passada, querem atingir pela quarta vez em cinco anos os quartos-de-final, que seria a sétima presença em nove épocas. Na época passada bateram o Galatasaray AŞ com um total de 3-1.

• Os londrinos venceram o seu grupo pela nona vez nas últimas 12 temporadas, terminando em segundo mais duas vezes nesse período e sendo apenas um vez eliminados na fase de grupos, em 2012/13, quando eram detentores do troféu.

• Em casa, o Chelsea começou por empatar 1-1 com o FC Schalke 04, tendo depois vencido NK Maribor (6-0) e Sporting Clube de Portugal (3-1).

• Nas provas da UEFA, o Chelsea perdeu o embate três das oito ocasiões em que empatou a primeira mão fora de casa, mais recentemente frente ao Club Atlético de Madrid nas meias-finais da época passada (0-0 fora, 1-3 em casa). As cinco vitórias nas eliminatórias aconteceram após uma igualdade 1-1 fora, mais recentemente frente ao Galatasaray AŞ nos oitavos-de-final de 2013/14, ao ganhar 2-0 em casa.

• O registo do Chelsea em desempates por penalties nas provas da UEFA é o seguinte:
4-3 frente ao FC Bayern München, final da UEFA Champions League, 2011/12
5-6 frente ao Manchester United FC, final da UEFA Champions League, 2007/08
1-4 frente ao Liverpool FC, meias-finais da UEFA Champions League, 2006/07

Paris
• O Paris quer a terceira presença consecutiva nos quartos-de-final. Há um ano, nesta mesma fase, uma vitória por 4-0 na visita ao Bayer 04 Leverkusen ajudou ao 6-1 final na eliminatória.

• Fora de casa esta época, o Paris empatou com o AFC Ajax (1-1), venceu o APOEL FC (1-0) e sofreu a primeira derrota na sexta jornada, sendo batido por 3-1 no reduto do FC Barcelona.

• Paris venceu sete dos últimos 15 jogos que disputou fora de casa na UEFA Champions League, sofrendo quatro derrotas.

• O Paris empatou 1-1 na primeira mão em casa em 11 ocasiões nas provas da UEFA e venceu cinco dessas eliminatórias. Perdeu a mais recente, frente ao FC Barcelona, nos quartos-de-final de 2012/13 (2-2 em casa, 1-1 fora).

• O registo do Paris em desempates por penalties nas provas da UEFA é o seguinte:
3-4 frente ao Rangers FC, terceira eliminatória da Taça UEFA, 2001/02

Ligações entre treinadores e jogadores
• David Luiz ajudou o Chelsea a eliminar o Paris na época passada. O brasileiro foi contratados pelos franceses no último Verão, depois de ter efectuado 81 partidas e marcado seis golos pelo emblema de Stamford Bridge.

• O brasileiro jogou os 120 minutos da final de 2012 ante o FC Bayern München, convertendo o seu penalty no desempate. Também jogou no triunfo na final da UEFA Europa League frente ao Benfica, na Amsterdam ArenA.

• Alex também deixou o Chelsea rumo ao Paris, neste caso em Janeiro de 2012. Claude Makelele, Nicolas Anelka e Mateja Kežman também representaram os dois clubes.

• Laurent Blanc jogava no Barcelona em 1996/97 quando Mourinho trabalhava como adjunto de Bobby Robson. Terminou a carreira de jogador no Manchester United FC, entre 2001 e 2003, estando pressente nas vitórias por 3-0 como visitante ante o Chelsea, na sua primeira temporada, e no empate 2-2 em Stamford Bridge na segunda.

• Em 2010/11, Hazard ajudou o LOSC Lille a vencer por 1-0 na final da Taça da Liga francesa ante o Paris e, uma semana depois, esteve no empate 2-2 no Parc des Princes que garantiu ao LOSC a "dobradinha" em França pela primeira vez desde 1946. O belga só perdeu um de nove jogos na Ligue 1 frente ao Paris, marcando num triunfo por 2-1 em casa em Abril de 2012.

• No LOSC, Hazard foi colega de equipa de Yohan Cabaye e Lucas Digne.

• Drogba passou a época de 2003/04 no Marselha. Loïc Rémy jogou pelo OM entre 2010 e 2012, marcando numa vitória caseira na Liga por 3-0 sobre o Paris, em Novembro de 2011. Um dos golos foi construído por César Azpilicueta, também jogador do Marselha nesse período de dois anos.

• Mourinho contratou Thiago Motta para o FC Internazionale Milano em Julho de 2009, enquanto Zlatan Ibrahimović trabalhou com o treinador português em 2008/09, marcando 25 golos e terminando como melhor marcador da Serie A, em época de título para o Inter.

• Thiago Silva, Luiz, Lucas e Marquinhos são colegas de equipa de Filipe Luís, Oscar e Ramires na selecção do Brasil.

• Oscar marcou na vitória brasileira por 3-0 num amigável com a França, onde pontificavam Blaise Matuidi e Cabaye, a 9 de Junho de 2013, em Porto Alegre.

Conteúdos relacionados