Regresso ao Jogo: a UEFA está a preparar-se para o regresso seguro das suas competições de elite.
Saiba mais >
 

Moyes e Guardiola satisfeitos com empate

David Moyes elogiou a exibição do Manchester United no empate 1-1 ante o Bayern, apesar de ter sofrido um golo em casa, situação que deixou grato Josep Guardiola.

Moyes e Guardiola satisfeitos com empate
Moyes e Guardiola satisfeitos com empate ©UEFA.com

David Moyes, treinador do United
Os jogadores fizeram um bom jogo. Fiquei decepcionado por termos sofrido um golo, mas jogámos bem. Houve determinação para fazermos um bom jogo e os jogadores perceberam que enfrentámos, esta noite, uma equipa muito boa. Os adeptos foram fantásticos esta noite, houve um excelente ambiente no estádio

[Sobre a oportunidade desperdiçada por Daniel Welbeck na primeira parte]. A este nível temos de ser cirúrgicos. Quando temos oportunidades, temos de as converter.

Sabemos que temos de marcar um golo na segunda mão. Temos de fazer algo em relação a isso. Mas também sabemos que demos a nós próprios uma grande oportunidade. Vamos jogar de igual para igual com eles. Queremos chegar lá e ter hipóteses reais. O nosso melhor futebol tem acontecido nesta competição e bem vamos precisar dele.

Josep Guardiola, treinador do Bayern
Parabéns à minha equipa, estou bastante satisfeito. O Manchester United tem uma das melhores equipas do Mundo, o que não deve ser esquecido. Marcámos um golo fora, o que é importante, mas também tivemos sorte pelos remates do Welbeck e do [Wayne] Rooney não terem entrado.

O golo que sofremos é difícil de defender. É sempre difícil jogar contra uma equipa que defende tão atrás. Vamos ver se conseguimos encontrar algumas soluções para a partida em Munique.

O Bastian Schweinsteiger e o Javi Martínez vão falhar a segunda mão [por estarem suspensos] mas, ainda assim, vamos ter 11 jogadores em campo. Estas coisas acontecem e vamos conseguir lidar com elas.

É sempre perigoso ir para a segunda mão com 1-1 no resultado, mas mesmo uma vitória por 2-1 seria perigosa para nós. Vamos tentar vencer a segunda mão e estou certo de que o podemos fazer. Tenho muita confiança nos meus jogadores e espero que os adeptos em Munique nos apoiem do mesmo modo que os do United fizeram hoje pela sua equipa.

Topo