O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Aliviado Dortmund quer melhorar

Mats Hummels mostrou-se aliviado apesar da derrota do Dortmund em casa com o Zenit, e tanto ele como Marcel Schmelzer e Robert Lewandowski sabem que têm de melhorar.

O Dortmund não poupou nos festejos após o apito final
O Dortmund não poupou nos festejos após o apito final ©Getty Images

O defesa do Borussia Dortmund, Mats Hummels ficou "contente com a qualificação" para os quartos-de-final da UEFA Champions League, após vencer no total das duas mãos por 5-4 o FC Zenit, mas admitiu dificuldades para o conseguir num jogo em que os alemães não tinham a pressão de ter de vencer.

Na sequência da derrota em casa por 2-1, na segunda mão, frente à equipa russa, Hummels alinhou com os colegas Marcel Schmelzer e Robert Lewandowski - que vão falhar o primeiro jogo dos quartos-de-final por estarem suspensos – na necessidade de o Dortmund ter de melhorar o seu jogo, se quiser seguir em frente na próxima eliminatória.

Mats Hummels, defesa do Dortmund
Estamos obviamente contentes pelo apuramento. É complicado quando sabemos que um empate ou mesmo a derrota podem ser suficientes. O Zenit esteve um pouco melhor do que na primeira mão [em que foi derrotado por 4-2]. Em particular, Danny fez um bom jogo.

Quando ficámos a perder 1-0 pensei: "Excelente, era mesmo isto que não precisávamos", mas no final não alterou nada. O nosso golo do empate acalmou-nos um pouco.

Gostava de defrontar uma equipa nos quartos-de-final contra a qual ainda não tenha jogado. Talvez o Manchester United, Barcelona ou o Chelsea. Não é importante quem vá ser o adversário, vão ser todos difíceis.

Marcel Schmelzer, defesa do Dortmund
O mais importante esta noite foi a qualificação para a próxima ronda, pelo que não estamos decepcionados com a derrota porque atingimos o nosso objectivo. Eles tiveram várias jogadores que regressaram de lesões para jogar a segunda mão ao passo que nós não tivemos o Marco [Reus] – o que faz toda a diferença. Está a ser um momento complicado. Temos uma série de jogadores lesionados e falta-nos frescura.

Temos agora que nos concentrar na Bundesliga, mas vamos defrontar seja quem for nos quartos-de-final. Não existem sorteios fáceis nesta fase.

Robert Lewandowski, avançado do Dortmund
Não foi a nossa melhor noite e não estou certo porque foi assim. Claro, estamos contentes por atingir os quartos-de-final e agora vamos ter de enfrentar uma equipa de topo. Se queremos vencer teremos que dar 100 por cento e jogar um pouco melhor do que fizemos esta noite.