Pepe e Ramos anseiam por milagre em Madrid

"Se há equipa capaz de dar a volta a esta eliminatória, no jogo em casa, somos nós", disse o defesa do Real Madrid, Pepe, enquanto Sergio Ramos e Raphaël Varane reflectiram sobre a má noite em Dortmund.

Sergio Ramos lamenta-se após a derrota do Real Madrid em Dortmund
Sergio Ramos lamenta-se após a derrota do Real Madrid em Dortmund ©Getty Images

Os jogadores do Real Madrid CF estavam desapontados, mas, ainda assim, desafiantes após a derrota por 4-1 averbada na primiara mão da meia-final da UEFA Champions League às mãos do Borussia Dortmund, insistindo que o sonho de conquistar a "décima" ainda não terminou, apesar dos "merengues" precisarem de marcar, pelo menos, três golos na segunda mão.

Enquanto Pepe lembrou anteriores recuperações conseguidas nos jogos em casa, o seu colega na defesa, Sergio Ramos, mostrou-se confiante de que o apoio que lhes vai chegar de um Estádio Santiago Bernabéu cheio dará à equipa de José Mourinho o impulso necessário para consumar a reviravolta na capital espanhola.

Pepe, defesa do Real Madrid
Obviamente que não estamos contentes com o resultado desta noite, mas se há equipa capaz de dar a volta è eliminatória, em casa, somos nós, o Real Madrid. Temos de marcar três golos na segunda mão e isso não é impossível para nós. Já o fizemos muitas vezes no passado, especialmente em casa, Não começámos bem a segunda parte e repetimos os mesmos erros. Se formos capazes de os resolver e lutar em cada minuto da segunda mão como se fosse o nosso último, ainda podemos chegar à final.

Sergio Ramos, defesa do Real Madrid 
Claro que foi um mau resultado, em particular porque na segunda mão vai ser outro jogo muito difícil. Ultrapassar uma desvantagem como esta frente a uma equipa alemã não vai ser fácil, mas 90 minutos no Bernabéu é muito tempo para qualquer adversário e, obviamente, queremos marcar três golos. Vamos criar mais oportunidades no segundo jogo do que as que criámos aqui e tentar a nossa sorte. Com o apoio dos nossos adeptos conseguiremos chegar à final. Se conseguimos chegar às meias-finais, queremos estar na final.   

Raphaël Varane, defesa do Real Madrid
Não estávamos à espera de um resultado destes. Mas sim de outro, mais positivo. Fizemos a abordagem ao jogo com muita ambição. Defrontámos uma equipa agressiva, que jogou de forma compacta e que não nos deu espaços. O Lewandovski esteve muito bem e nós falhámos ao tentar pará-lo. Foi um falhanço do colectivo e não de ninguém em particular.