Mandžukić e Müller mostram ambição do Bayern

"Vamos tentar ganhar tudo, porque não?", explicou Mario Mandžukić ao UEFA.com quando, na companhia de Thomas Müller, fez o balanço do triunfo do Bayern sobre a Juve por 2-0.

Mario Mandžukić comemora o golo que marcou com David Alaba
Mario Mandžukić comemora o golo que marcou com David Alaba ©Getty Images

No espaço de apenas oito dias o FC Bayern München comemorou a conquista do título da Bundesliga, com seis jornadas por disputar, e garantiu um lugar nas meias-finais da UEFA Champions League pela terceira vez em quatro anos, depois de bater duas vezes por 2-0 os campeões italianos da Juventus. “L'appetito vien Mangiando" (o apetite surge a comer), como dizem em Itália, e o Bayern fez mais uma grande demonstração do seu poderio. Uma ambição personificada por Mario Mandžukić, que inaugurou o marcador em Turim. "Vamos tentar ganhar tudo, porque não?", afirmou o avançado ao UEFA.com.

Mario Mandžukić, avançado do Bayern
Não achámos que seria fácil depois do triunfo por 2-0 na primeira mão, como muitos pensavam, mas depois de um bom período da Juve, que discutiu o jogo, recuperámos o controlo da partida e tudo ficou mais fácil. Penso que marcámos aos 65 minutos e sabíamos que eles eram obrigados a fazer quatro golos, o que tornou tudo ainda mais fácil. É um sonho chegar a este clube e poder ganhar tudo na época de estreia. É bom já termos garantido o título da Bundesliga, pois permite ao treinador poupar alguns jogadores. Vamos tentar ganhar tudo, porque não? Já mostrámos que temos qualidade e queremos ganhar tudo.

Thomas Müller, médio do Bayern
É claro que as coisas estão a correr bem, estamos a jogar muito bem e a conseguir bons resultados. Talvez não tenhamos jogado tão bem hoje como na primeira mão, mas ganhar por 2-0 em Turim é sinal que não se cometeram muitos erros. Sabíamos que a Juventus é uma boa equipa, mas tínhamos muita confiança, pois temos noção da nossa força. Sabíamos que éramos favoritos, mas era fundamental não sofrer golos nos dois jogos.