PSG e Barcelona prontos para "festa do futebol"

Um nervosismo emocionante prevaleceu, à medida que PSG e Barcelona reflectiram sobre o embate entre ambos, com Carlo Ancelotti a insistir que a equipa espanhola não vai ter a tarefa facilitada.

PSG e Barcelona prontos para "festa do futebol"
PSG e Barcelona prontos para "festa do futebol" ©UEFA.com

O treinador do Paris Saint-Germain FC, Carlo Ancelotti, não escondeu o seu entusiasmo após o clube francês ter sido emparelhado com o FC Barcelona, num apetecível embate relativo aos quartos-de-final da UEFA Champions League.

Tendo em atenção a classe com que o emblema catalão afastou o AC Milan, antigo clube de Ancelotti, na terça-feira, garantindo o lugar nos quartos-de-final, o técnico italiano podia ser desculpado por sentir algum nervosismo; tal não aconteceu. "É magnífico, estamos satisfeitos com o sorteio", anunciou. "Sabemos que vai ser muito difícil, mas será igualmente um grande teste para nós. Juntamente com o Real Madrid, é um dos favoritos a ganhar o troféu. Possui várias qualidades – mas teremos uma palavra a dizer".

As equipas encontraram-se apenas três vezes nas competições da UEFA, com o Barcelona a vingar a derrota, com um resultado total de 3-2, sofrida nos quartos-de-final da Taça Europeia, com um triunfo na final da Taça das Taças, dois anos depois. Ronaldo marcou o único golo em Roterdão, de penalty. Também se defrontaram num amigável de pré-época, no Verão passado, com o Barcelona a superiorizar-se nos penalties, após um empate a dois, mas Ancelotti sublinha o óbvio, afirmando que "desta vez vai ser diferente".

Uma coisa o director-desportivo do Barcelona, Andoni Zubizarreta, espera que se mantenha, que é o facto de a eliminatória ser igualmente renhida. "O PSG tem muitos bons jogadores, com bastante talento. Com a sua experiência e conhecimento adquiridos pela disputa deste tipo de jogos, estou certo que vai ser desafiante do princípio ao fim. São muito competitivos e vamos defrontar vários jogadores que conhecemos bem".

Zlatan Ibrahimović, que passou a temporada 2009/10 em Camp Nou, é o mais conhecido desse lote, no entanto foi apenas mais um entre vários nomes citados pelo lateral-esquerdo do Barcelona, Jordi Alba, quando questionado sobre as qualidades dos parisienses. E acrescentou: "O PSG é uma equipa completa, que é forte defensivamente e tem avançados de qualidade. Aprendemos bastante com a eliminatória [frente ao Milan] e temos que corrigir os nossos erros. O PSG é obviamente um adversário difícil, mas o sorteio parece-me favorável".

Isso parece resumir o sentimento de ambos os lados, com o director-desportivo do PSG, Leonardo, a concluir: "É o resultado mais difícil, frente à melhor equipa em prova. Não vai ser fácil, mas aguardamos os dois jogos com expectativa, porque Paris merece fazer parte daquilo que vai ser uma celebração do futebol. Podemos testar as nossas capacidades frente a uma das melhores equipas de todos os tempos. O Barcelona é o favorito óbvio, mas tudo pode acontecer".

Conteúdos relacionados