Flamini lamenta remate ao poste de Niang

"Eles praticaram um futebol incrível", disse Matthieu Flamini após a derrota ante o Barcelona, embora um lance na primeira parte pudesse ter alterado a sorte do Milan em Camp Nou.

Mathieu Flamini tem consciência de que um golo no momento certo em Camp Nou poderia ter salvo o Milan
Mathieu Flamini tem consciência de que um golo no momento certo em Camp Nou poderia ter salvo o Milan ©AFP/Getty Images

Uma derrota pesada em Camp Nou deixou o AC Milan completamente de rastos e a pensar se um só minuto de maior compostura em 90 de grandes dificuldades teria sido suficiente para colocar a equipa nos quartos-de-final.

Os pupilos de Massimiliano Allegri passaram grande parte do encontro a tentar lidar com o ritmo de jogo imposto pelos jogadores do FC Barcelona mas, quando o resultado se encontrava em apenas 1-0 para a turma catalã, um erro de Javier Mascherano permitiu a M'Baye Niang surgir isolado em frente a Victor Valdés; contudo, à saída  do guarda-redes contrário, o jovem avançado do Milan rematou ao poste. Um momento decisivo para o desfecho da eliminatória, de acordo com Matthieu Flamini.

Matthieu Flamini, médio do Milan 
Penso que o Barcelona fez um grande jogo. Eles praticaram um futebol incrível, com trocas de bola muito rápidas. É verdade que tivemos essa oportunidade para marcar a meio do primeiro tempo, quando o Niang acertou no poste, mas não a conseguimos aproveitar e quando se desperdiça uma ocasião de golo dessas as coisas tornam-se muito difíceis. Não há muito mais a dizer. O Barça esteve fantástico.

Sabíamos que íamos defrontar uma grande equipa, capaz de passar a bola com grande rapidez e de praticar um futebol de grande velocidade, e esta noite esteve ao seu melhor nível. Nós, pelo contrário, não estivemos muito bem, encontrámos problemas para sair da defesa, tudo correu bem para o lado deles e nós não conseguimos marcar esse golo que poderia ter mudado tudo.