Hamit penitencia-se pelo sucesso do Galatasaray

"Espero que os adeptos do Schalke me perdoem", disse Hamit Altıntop ao UEFA.com após ajudar o Galatasaray a afastar o clube da sua cidade; Nordin Amrabat acrescentou: "o céu é o limite".

Hamit Altıntop festeja golo do empate frente ao Schalke
Hamit Altıntop festeja golo do empate frente ao Schalke ©AFP/Getty Images

Hamit Altıntop  disse esperar, em declarações ao UEFA.com, que os adeptos do FC Schalke 04 o conseguissem “perdoar” por ter marcado ao seu antigo clube pelo  Galatasaray AŞ no jogo de qualificação para os quartos-de-final da UEFA Champions League.

Nascido em Gelsenkirchen e jogador do Schalke entre 2003 e 2007, Altintop fez um belo golo num remate de fora da área que contribuiu para nivelar a eliminatória e posicionar o Galatasaray para o 3-2 que sucederia mais tarde. O internacional turco reconheceu alguma sorte no jogo de ontem enquanto o colega de equipa Nordin Amrabat acrescentou que Fatih Terim tem razões para celebrar por estar “numa das oito melhores equipas da Europa”.

Hamit Altıntop, médio do Galatasaray
Quando fiz o empate senti-me estranho. Por um lado estava contente mas por outro tinha que controlar as emoções. Fiquei muito feliz por termos seguido em frente mas quero dar os parabéns ao Schalke. Foram brilhantes nos dois jogos. Agora sei como chegaram ao topo no seu grupo. Tivemos um pouco de sorte.

Espero que o Schalke me perdoe ter marcado aqui. Os quartos-de-final serão decididos pela qualidade que as equipas demonstrarem naquele momento e só lá vão estar grandes equipas. Ficarei contente se defrontar [o Director Geral do FC Bayern München] o Uli Hoeness novamente.  

Nordin Amrabat, médio do Galatasaray 
Viemos jogar com muita confiança apesar do empate 1-1 na primeira mão e acreditando que conseguiríamos passar. Temos uma boa equipa tal como o Schalke. Estamos agora no grupo das oito melhores equipas da Europa e isso é uma razão para celebrar. Temos os melhores adeptos do mundo. Foram fantásticos hoje. Sempre digo que “o céu é o limite”. Ficarei contente seja qual for o adversário, mesmo se for o Barcelona ou o Real Madrid, pois nunca os defrontei.