O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
A partir de 25 de Janeiro, o UEFA.com já não vai suportar o Internet Explorer.
Para obter a melhor experiência possível, recomendamos que use Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Oito em busca do troféu maior do futebol europeu

Com oito equipas a lutar por um lugar na final da UEFA Champions League, em Wembley, olhamos para o que nos espera na primeira mão dos quartos-de-final.

O Dortmund espera poder voltar a celebrar, desta feita em Málaga
O Dortmund espera poder voltar a celebrar, desta feita em Málaga ©Getty Images

Digeridas as emoções dos oitavos-de-final, os oito clubes ainda em prova e os seus adeptos estão prontos para nova dose, com o arranque dos quartos-de-final da UEFA Champions League agendado já para terça-feira.

Inevitavelmente, equipas como o Real Madrid CF, que procura o recorde de 24 presenças em meias-finais, FC Barcelona, determinado a chegar às meias-finais pela sexta época consecutiva, e o FC Bayern München, finalista vencido da última edição, partem com o favoritismo do seu lado. Porém, o estreante Málaga CF, o Galatasaray AŞ e o Paris Saint-Germain FC, que entre os três totalizam apenas duas presenças em meias-finais, têm dado cartas na prova e têm potencial para desafiar os tradicionais dominadores da competição, pelo que nos aguardam quatro duelos entusiasmantes.

Paris Saint-Germain FC - FC Barcelona
O PSG esperará que um raio possa mesmo cair duas vezes no mesmo sítio, quando enfrentar o Barcelona, sobre o qual levou a melhor na sua única anterior presença em quartos-de-final da UEFA Champions League. Essa caminhada até às meias-finais, em 1994/95, foi a melhor de sempre na prova por parte da turma parisiense, bem longe do registo de um Barça que, caso siga em frente, estará pela sexta temporada seguida nas meias-finais.

Alguém vai ter de ceder no Parc des Princes, onde os anfitriões vão ver testada ao máximo a sua série de 23 jogos europeus sem perder em casa, frente a um adversário que não perde fora nos quartos-de-final da UEFA Champions League desde 2001/02 - época em que foi batido no terreno do Panathinaikos FC. Contudo, a tradicional tranquilidade apresentada pelo Barça fora de portas não tem sido a mesma esta temporada. Os "blaugrana" perderam dois dos quatro encontros que disputaram fora esta época, nos terrenos do Celtic FC e do AC Milan, e os pupilos de Carlo Ancelotti vão procurar aproveitar esse dado para infligir novo contratempo ao Barcelona, na tentativa de afastarem da prova a segunda equipa espanhola consecutiva, depois de terem deixado pelo caminho o Valencia CF, nos oitavos-de-final.

FC Bayern München - Juventus
A Juventus, orientada por Antonio Conte, tem a história do seu lado para esta sempre muito complicada deslocação à Alemanha, onde procurará evitar que o Bayern atinja as meias-finais pela terceira vez em quatro anos. Os "bianconeri" apresentam um registo 100 por cento vitorioso nas cinco eliminatórias que já disputaram com formações germânicas nesta fase da competição. Para além disso, a Juve venceu também os últimos oito embates a duas mãos que disputou com clubes da Bundesliga. Tendo a duas equipas uma vantagem confortável na liderança dos respectivos campeonatos, a sua concentração pode ser totalmente dirigida para este duelo por um lugar nas meias-finais, das quais o Bayern tem sido um cliente mais habitual nos últimos anos.

A Juventus está pela primeira vez desde 2006 nos quartos-de-final da prova, enquanto o Bayern se encontra pela quarta vez em cinco épocas nesta fase da competição. Ainda assim, a turma da Serie A não perde fora de casa nas competições europeias desde 18 de Março de 2010, pelo que ruma à Baviera esperançada em somar um resultado que lhe permita confirmar, depois, o apuramento em Turim. Porém, foi o Bayern que levou a melhor na última ocasião em que as duas equipas mediram forças, empatando 0-0 em casa, mas vencendo, depois, 4-1 em Itália, durante a fase de grupos da edição de 2009/10 da UEFA Champions League.

Málaga CF - Borussia Dortmund
Campeões alemães em título, não é surpresa ver os pupilos de Jürgen Klopp nesta fase da prova, apesar de terem tido pela frente um grupo bem complicado, do qual faziam também parte Real Madrid, Manchester City FC e AFC Ajax. Pelo contrário, poucos previam que o estreante Málaga chegasse tão longe, mas, orientada por Manuel Pellegrini, a formação espanhola pode mesmo repetir o feito de outra equipa orientada pelo técnico chileno, o Villarreal CF, que também na sua época de estreia, em 2005/06, chegou às meias-finais da competição.

O Málaga não se encontra na sua melhor forma e não vence na Liga espanhola há quatro jogos, mas ainda não perdeu na UEFA Champions League no La Rosaleda, onde com um triunfo por 2-0 sobre o FC Porto, a 13 de Março, selou a passagem aos quartos-de-final. O Dortmund, por seu lado, segue invicto na presente edição da prova, mas apenas venceu um dos quatro encontros que disputou fora de casa, nos quais se inclui um empate 2-2 em Madrid, frente ao Real, num jogo em que só um golo de Mesut Özil aos 89 minutos evitou o triunfo da turma germânica.

No Málaga, Martín Demichelis e Roque Santa Cruz vão procurar brilhar frente a um rival bem conhecido. Ao serviço do Bayern, ambos somaram mais vitórias do que derrotas nos embates com o Dortmund.

Real Madrid CF - Galatasaray AŞ
Defrontar o Real precisamente 12 anos depois de ter medido forças com os "merengues" naquela que foi a sua última presença em quartos-de-final da prova será, certamente, especial para um Galatasaray que vai tentar chegar pela segunda vez na sua história às meias-finais da mais importante prova de clubes da UEFA. A 3 de Abril de 2001, a formação turca deu a volta ao resultado e venceu a turma madrilena por 3-2 em Istambul, mas acabou eliminada ao perder depois por 3-0 em Espanha, no encontro da segunda mão. Mas, com vitórias somadas nos terrenos de CFR 1907 Cluj, SC Braga e FC Schalke 04 na presente temporada, o Galtasaray partirá confiante para a visita de quarta-feira ao terreno do gigante espanhol.

Porém, também o Real estará pleno de confiança, graças ao seu impressionante registo caseiro na UEFA Champions League sob as ordens de José Mourinho. Desde que o técnico português assumiu o leme da equipa, esta venceu 13 e perdeu apenas um dos 16 encontros europeus que disputou no Santiago Bernabéu. E, para além disso, José Mourinho detém um registo 100 por cento vitorioso nesta fase da competição, seguindo sempre em frente nas suas seis presenças em quartos-de-final. A tentar colocar um ponto final nesse dado estatístico estará um Galatasaray que conta no ataque com Didier Drogba, avançado contratado pelo Chelsea FC em 2004 e que se sagrou por duas vezes campeão inglês sob o comando de Mourinho.

Conteúdos relacionados