Real Madrid forte para recepção ao Ajax

José Mourinho vai proceder a algumas alterações no Real Madrid, enquanto Frank de Boer acredita na passagem do Ajax à UEFA Europa League após o êxito do fim-de-semana.

José Mourinho garantiu que vários dos seus habituais titulares vão jogar de início frente ao Ajax
José Mourinho garantiu que vários dos seus habituais titulares vão jogar de início frente ao Ajax ©AFP/Getty Images

O Real Madrid CF já sabe que vai terminar no segundo lugar do Grupo D da UEFA Champions League, mas José Mourinho garantiu que Cristiano Ronaldo e Karim Benzema vão ser titulares e que a sua equipa vai entrar em campo para ganhar diante de um AFC Ajax que ainda tem algo em jogo. Um triunfo garantirá à turma de Amesterdão um lugar nos 16 avos-de-final da UEFA Europa League e o triunfo alcançado frente ao PSV Eindhoven no passado fim-de-semana confere confiança aos pupilos de Frank de Boer.

• Com o segundo lugar já garantido, esta é a 16ª vez consecutiva que o Real ultrapassa a fase de grupos.

• O Ajax seguirá para a UEFA Europa League, cuja final será disputada no seu estádio, se vencer em Madrid ou se o Manchester City FC não conseguir ganhar na visita ao terreno do Borussia Dortmund, dada a vantagem da formação holandesa no confronto directo com os actuais campeões ingleses.

Real Madrid
José Mourinho, treinador
[Antonio] Adán, Nacho, Cristiano, Benzema, [Sami] Khedira e [Fábio] Coentrão vão jogar de início. [Sergio] Ramos e Xabi Alonso não vão actuar porque estão tapados com cartões amarelos e quero que eles joguem na partida da primeira mão dos oitavos-de-final. Penso que o nosso apuramento, neste grupo, tem de ser considerado um êxito, porque um dos candidatos à conquista do troféu vai ficar pelo caminho. O Manchester City tem uma equipa forte, com um ataque poderoso, e o Dortmund está entre os melhores da Europa.

Temos de disputar todos os jogos com a mesma concentração e ambição, porque todos os jogos têm o mesmo significado. Termos de entrar em campo com o desejo de vencer. Espero um bom jogo, sem muita pressão para Adán, Nacho e também para [Denis] Cheryshev, José Rodríguez e [Álvaro] Morata, que vão começar a partida no banco, à espera de uma oportunidade. Naturalmente, vamos procurar a vitória. O Ajax vai jogar por um lugar na UEFA Europa League e nós vamos ter de estar ao nosso melhor nível.

As lesões não nos têm ajudado. Perdemos alguns jogadores importantes e teremos de aproveitar o período de paragem do Natal para treinar bem e recuperar jogadores como Higuain, Marcelo ou Albiol.

Resultado do fim-de-semana
Sábado: Real Madrid 2-0 Club Atlético de Madrid (Ronaldo 16, Özil 66)
Casillas; Arbeloa, Pepe, Ramos, Coentrão; Khedira, Alonso, Di María (Callejón 70), Özil (Modrić 88), Ronaldo; Benzema (José Rodríguez 90+2).

• Cristiano Ronaldo colocou ponto final numa série de três jogos consecutivos sem marcar - a sua maior série de jogos "em branco" na presente temporada – ao apontar, de livre, o golo que abriu caminho a um triunfo que permitiu aos "merengues" reduzirem para cinco pontos a sua desvantagem em relação ao Atlético, actual segundo classificado. Foi o oitavo golo de Ronaldo em outros tantos derbies de Madrid.

Notícias da equipa
Álvaro Arbeloa vai cumprir castigo, enquanto Marcelo (fractura num pé) e Gonzalo Higuaín (coxa) continuam a contas com lesões. Michael Essien, por seu lado, está a receber tratamento a uma reacção alérgica a um medicamento.

Ajax
Frank de Boer, treinador
O Real Madrid não vai ser um adversário fácil, mesmo se alguns dos seus jogadores mais importantes ficarem de fora. Xabi Alonso é um futebolista fantástico e Iker Casillas é, talvez, o melhor guarda-redes do Mundo, mas eles têm qualidade suficiente no plantel para lidarem bem com a sua ausência. O triunfo sobre o PSV deu-nos força. Provámos que temos capacidade para bater adversários poderosos jogando da forma que queremos. O nosso sentimento em relação a esta presença na UEFA Champions League é positivo. Jogámos mal contra o Real Madrid em Amesterdão, mas estivemos bem nos restantes encontros.

Temos uma equipa jovem e para os meus jogadores é muito importante defrontar as melhores equipas da Europa. Há muito a aprender. Não me vou preocupar com o que se vai passar no encontro entre o Manchester City e o Dortmund. Eles precisam de ganhar e nós também. Penso que temos boas hipóteses de seguir para a UEFA Europa League. Temos potencial para vencer qualquer equipa.

Resultado do fim-de-semana
Sábado: Ajax 3-1 PSV Eindhoven (De Jong 29, Hoesen 72, Fischer 87; Lens 36)
Vermeer; Van Rhijn, Alderweireld (Veltman 76), Moisander, Blind; De Jong, Poulsen, Eriksen; Boerrigter (Sana 70), Hoesen (Schøne 80), Fischer.

• Daniel Hoesen apontou o seu terceiro golo em quatro jogos e ajudou o Ajax a derrotar um PSV, que entrou para o encontro na liderança da Liga holandesa. Foi a quarta vitória consecutiva da formação de Amesterdão na prova, que assim se colocou a quatro pontos do primeiro posto, agora ocupado pelo FC Twente.

Notícias da equipa
Toby Alderweireld deve recuperar de uma gripe a tempo de alinhar frente ao Real, depois de ter falhado o embate com o PSV, mas Ryan Babel (ombro), Thulani Serero (virilha), Davy Klaassen (virilha) e Kolbeinn Sigthórsson (ombro) vão ficar de fora.

Estatística
• O Ajax não conseguiu vencer em nenhuma das suas últimas seis visitas a Espanha, nas quais somou cinco derrotas e um empate. O seu último triunfo em solo espanhol teve lugar nos quartos-de-final da edição de 1996/97 da UEFA Champions League, frente ao Club Atlético de Madrid, num encontro em que Frank De Boer alinhou e em que o seu irmão, Ronald, marcou um dos golos.

Conteúdos relacionados