Dortmund goleia na casa do Ajax

AFC Ajax 1-4 Borussia Dortmund
Os campeões alemães em título marcaram três golos na primeira parte que afastaram o Ajax dos oitavos-de-final.

Os jogadores do Dortmund festejam o golo de Mario Götze
Os jogadores do Dortmund festejam o golo de Mario Götze ©Getty Images

O Borussia Dortmund conquistou o primeiro lugar do Grupo D da UEFA Champions League, ao golear por 4-1 no terreno do AFC Ajax.

Os campeões alemães foram magníficos na primeira parte, tendo marcado três golos sem resposta. Marco Reus calmamente colocou os forasteiros em vantagem com um remate já na área, quando estavam decorridos oito minutos. O Ajax passou a ter mais posse de bola, mas raramente ameaçou, tendo pago a sua falta de agressividade quando Mario Götze duplicou a vantagem com um remate rasteiro. Robert Lewandowski acrescentou o terceiro, após Kenneth Vermeer apenas ter conseguido sacudir um remate de Götze. Aos 67 minutos, o internacional polaco coroou a sua excelente exibição com a obtenção do seu segundo golo.

O tento de consolação do substituto Daniel Hoesen serviu de pouco à equipa anfitriã, uma vez que o Dortmund garantiu tanto o apuramento como o primeiro lugar do Grupo D quando falta apenas uma jornada para o final. Para o Ajax, o objectivo passou a ser, entretanto, o terceiro lugar – e uma passagem para a UEFA Europa League –, à frente do Manchester City FC.

Antes que os anfitriões pudessem estabeler qualquer ritmo, viram-se em desvantagem graças a um fantástico remate, na sequência de uma excelente movimentação. Irrompendo em velocidade pelo flanco direito, Reus trocou passes com Götze antes de rematar por entre as pernas de Vermeer. A equipa da Eredivisie demorou quase 15 minutos a responder, com Christian Eriksen a rematar, à entrada da área, em arco ligeiramente ao lado da baliza de Roman Weidenfeller.

Os homens de Jürgen Klopp sentiram-se à vontade ao conceder a iniciativa e a esperar por uma boa oportunidade para contra-atacar e a verdade é que essa estratégia rendeu os seus frutos à meia-hora. Mats Hummels cobrou rapidamente um livre na direcção de Götze, que estava bem solto no lado esquerdo. Daí, ultrapassou facilmente Ricardo van Rhijn antes rematar rasteiro, junto ao poste mais próximo da baliza de Vermeer para o seu primeiro golo de sempre na UEFA Champions League. Cinco minutos depois as coisas ficaram ainda mais complicadas para os comandados de Frank de Boer, quando o Dortmund voltou a marcar. Götze participou novamente no lance, rematando à meia-volta um disparo que Toby Alderweireld desviou. Vermeer apenas conseguiu sacudir a bola na direcção de Lewandowski, que finalizou sem problemas.

O Ajax reiniciou a partida com maior velocidade e Eriksen não demorou muito a obrigar Weidenfeller à sua primeira defesa digna desse nome em toda a partida, tendo o guarda-redes visitante mergulhado para deter o remate colocado do dinamarquês. O substituto Lasse Schøne substituiu Christian Poulsen e também dispôs de uma boa ocasião para marcar, mas, segundos depois, a sua equipa consentiria novo golo. Uma vez mais, Götze foi o autor da assistência, com o seu cruzamento a permitir a Lewandowski controlar bem a bola antes de rematar rasteiro, fora do alcance de Vermeer. O tento ao cair do pano de Hoesen, após um bom trabalho de Eriksen, não conseguiu acalmar os ânimos da ruidosa claque do Dortmund, orgulhosa e feliz por ter visto tamanha prestação da sua equipa.

Conteúdos relacionados