O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Mata e Mikel acreditam no Chelsea

Após terem de "sofrer" para afastar o Benfica, Juan Mata e John Obi Mikel esperam mais do mesmo contra o Barcelona, mas prometeram dar luta ao campeão da Europa.

Juan Mata foi importante no triunfo por 2-1 do Chelsea sobre o Benfica
Juan Mata foi importante no triunfo por 2-1 do Chelsea sobre o Benfica ©Getty Images

Juan Mata reconheceu que o Chelsea FC teve de se aplicar a fundo para bater o Benfica, e que para se chegar às fases decisivas da UEFA Champions League é preciso sempre alguma dose de sofrimento. Agora, a equipa de Raul Meireles, Bosingwa, Paulo Ferreira e Hilário está determinada a que a meia-final ante o FC Barcelona não seja um passeio para os catalães.

"O Benfica empurrou-nos para trás", disse Juan Mata ao UEFA.com. "São uma equipa muito forte e tivemos de sofrer depois do golo que eles marcaram no minuto 85. Mas na Champions League, se queremos chegar às meias-finais, sabemos que temos de sofrer. Estamos nas meias-finais e é fantástico estar aqui. O Barcelona tem uma grande parte dos melhores jogadores do Mundo, mas somos o Chelsea e vamos lutar."

"No início da temporada, joguei contra o Valência, a minha equipa durante anos, e agora segue-se o Barcelona. Se é possível batê-los? No futebol nada é impossível. Será certamente difícil. Eles conseguem jogar tão bem fora como em casa, mas vamos ver. Somos uma equipa muito mais confiante agora. É essa a razão dos nossos resultados mais recentes."

Como um dos dois médios-defensivos escolhidos pela nova abordagem táctica de Roberto Di Matteo, John Obi Mikel sabe que vai ter uma noite de muito trabalho, quer em Stamford Bridge, a 18 de Abril, quer em Camp Nou, seis dias depois.

"Vamos actuar contra o melhor jogador do Mundo, o melhor de sempre", disse Mikel, referindo-se a Lionel Messi. "Vamos defrontar a melhor equipa do Mundo e sabemos que não somos os favoritos, o que nos pode ajudar. Já jogámos com eles algumas vezes e sabemos o que há a fazer. Espero que tudo corra pelo melhor e sigamos em frente."