Slutski entusiasmado com o Real Madrid

Emilio Butragueño avisou o Real Madrid contra a ameaça que constitui o CSKA Moscovo, cujo treinador Leonid Slutski disse: "Não se defronta uma das melhores equipas do Mundo todos os dias."

O treinador do CSKA, Leonid Slutski, está ansioso por voltar a enfrentar José Mourinho
O treinador do CSKA, Leonid Slutski, está ansioso por voltar a enfrentar José Mourinho ©Getty Images

Enquanto José Mourinho reserva para mais tarde uma opinião sobre o sorteio dos oitavos-de-final, que colocou o PFC CSKA Moskva no caminho do Real Madrid CF, Leonid Slutski mostra-se entusiasmado com "dois jogos entusiasmantes e prestigiosos".

A equipa de Mourinho tornou-se apenas a quinta na história da UEFA Champions League a ter vencido os seis jogos da fase de grupos, tendo acabado o Grupo D com dez pontos de vantagem. Ainda assim, o treinador do Real Madrid considera que isso de pouco valerá no embate dos oitavos-de-final, cuja primeira mão está marcada para Moscovo, a 21 de Fevereiro, e a segunda para Madrid, a 14 de Março. "[O CSKA] é uma equipa que teremos de respeitar quando chegar a altura, mas ainda faltam mais de dois meses para os jogos", disse o português.

Emilio Butragueño, antigo avançado e actual director do clube, também prevê um duelo difícil: "Nos últimos anos, o CSKA esteve sempre ao mais alto nível na Europa, por isso teremos de ter muito cuidado. As equipas russas jogam bom futebol e têm sempre jogadores de qualidade no ataque; não será diferente agora."

"Se estivermos ao nosso nível habitual podemos estar confiantes, mas no futebol tudo é possível. Um pequeno detalhe ou uma noite má e pode-se ser eliminado. Temos de estar alertas, concentrados e esperar que os nossos jogadores estejam inspirados.”

Por sua vez, Slutski, técnico do CSKA, está ansioso por voltar a defrontar o homólogo do Real Madrid, depois de ter perdido por um total de 2-0 frente a Mourinho nos quartos-de-final de 2009/10, quando o português estava ao leme do  FC Internazionale Milano."Vamos defrontar um clube de topo e estou ansioso por voltar a encontrar José Mourinho", disse o treinador, de 40 anos, cuja formação derrotou o Sevilla FC nesta fase da prova em 2009/10. "Mais uma vez fomos sorteados com uma equipa de Espanha nos oitavos-de-final da UEFA Champions League."

Slutski destacou igualmente o facto de ir enfrentar uma das melhores equipas mundiais e de ter evitado o detentor do troféu. "É absolutamente impossível jogar com o Barcelona e acredito que podemos estar à altura do Real Madrid. Vão ser jogos entusiasmantes e prestigiosos, tanto para o clube como para os jogadores. Não se defronta uma das melhores equipas do Mundo todos os dias."