O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Reencontro com o Inter entusiasma Bayern

O treinador Louis van Gaal e o atacante Thomas Müller mostraram-se satisfeitos com a possibilidade de o Bayern "ajustar contas" com o Inter, após o sorteio dos oitavos-de-final ter ditado a reedição da final da última época.

Louis van Gaal e Thomas Müller vão agora procurar a desforra, depois da derrota frente ao Inter, na final de Madrid, na temporada passada
Louis van Gaal e Thomas Müller vão agora procurar a desforra, depois da derrota frente ao Inter, na final de Madrid, na temporada passada ©Getty Images

Depois de passado o choque inicial, tanto FC Internazionale Milano como FC Bayern München mostraram entusiasmo perante o reeditar da final de 2009/10 da UEFA Champions League, após o sorteio dos oitavos-de-final realizado esta sexta-feira, em Nyon, ter ditado o reencontro entre os dois finalistas da última edição da prova.

A 22 de Maio, em Madrid, dois golos de Diego Milito permitiram ao Inter levar a melhor sobre os bávaros, mas o atacante Thomas Müller, do Bayern, está feliz com a perspectiva do reencontro entre as duas equipas. "Temos contas a ajustar com o Inter", lembrou. "Como temos a vantagem de jogar em casa a partida da segunda mão, estou confiante de que, desta feita, vamos levar a melhor".

O médio Bastian Schweinsteiger, por seu lado, mostra-se ansioso com a possibilidade de voltar a defrontar o antigo colega Lúcio e, desta vez, derrotá-lo. "É um bom sorteio", afirmou. "Estou particularmente feliz por ir reencontrar o meu amigo Lúcio. Vai ser complicado, mas estou convicto de que vamos seguir para a ronda seguinte".

O treinador do Bayern, Louis van Gaal, mostrou igual optimismo. "Não creio que tenha sido um mau sorteio para nós. Temos contas a ajustar com o Inter de Milão", explicou o técnico holandês. "Praticamente todos os jogadores que, em Maio, jogaram a final de Madrid, continuam no Bayern".

No Inter, porém, houve uma alteração significativa desde a final de Madrid, com José Mourinho a sair para o Real Madrid CF e Rafael Benítez a assumir o leme dos campeões europeus em título. O técnico espanhol ouviu o resultado do sorteio enquanto preparava a sua equipa para a final do Campeonato do Mundo de Clubes, onde vai defrontar o TP Mazembe, da República Democrática do Congo.

"Vai ser um embate interessante para os adeptos e para os jogadores que estiveram presentes na final de Madrid", salientou o antigo treinador de Valencia CF e Liverpool FC, que nunca mediu forças com a formação germânica. "O Bayern tem uma equipa muito forte, mas, neste momento, o jogo mais importante para nós é este, da final do Mundial de Clubes. Só depois vamos começar a pensar nas competições europeias".

O patrão do Inter, Massimo Moratti, que na última época desceu ao relvado para festejar com os jogadores a conquista do primeiro título de campeão europeu do clube desde 1965, acrescentou: "É um sorteio interessante. O Bayern tem a possibilidade de se tentar desforrar da derrota da última temporada. Teremos de ver em que forma nos apresentamos em Fevereiro, do ponto de vista físico e mental".

A final da última edição da prova foi o quinto frente-a-frente dos dois clubes nas competições europeias. O primeiro embate data da temporada 1988/89, na terceira eliminatória da Taça UEFA, com o Inter a vencer por 2-0 em Munique, antes de perder por 3-1 em San Siro e acabar eliminado devido aos golos fora. Esse foi o único confronto em eliminatórias a duas mãos. Voltaram, depois, a encontrar-se na fase de grupos da UEFA Champions League de 2006/07. Nessa ocasião, o Bayern venceu por 2-0 em Itália e empatou 1-1 em casa. Isto significa que o Bayern nunca vence o Inter em Munique, apesar de ter vencido os dois encontros que disputou em San Siro diante dos "nerazurri".