Apuramento a um pequeno passo

O Inter faz parte de um lote de seis clubes que está a um passo dos oitavos-de-final, mas o duelo entre o vizinho Milan e o Real Madrid é a figura de cartaz da jornada.

Samuel Eto'o e Wesley Sneijder, do Inter, querem voltar a festejar
Samuel Eto'o e Wesley Sneijder, do Inter, querem voltar a festejar ©Getty Images

O campeão FC Internazionale Milano faz parte de um lote de seis clubes que está a um passo dos oitavos-de-final da UEFA Champions League, à partida para a quarta jornada. Arsenal FC, FC Barcelona, FC Bayern München, Chelsea FC e Real Madrid CF estão na mesma posição que os "nerazzurri", sabendo que a vitória garante desde logo o apuramento, a duas jornadas do fim, independentemente do que se passar nas restantes partidas.

O Inter, líder do Grupo A, não deve ter tarefa fácil em casa do Tottenham Hotspur FC, segundo classificado, esta terça-feira, isto se levarmos em linha de conta o emocionante embate de há duas semanas, onde foram marcados sete golos. O regresso do treinador do Inter, Rafael Benítez, a Inglaterra, onde orientou o Liverpool FC, confere interesse adicional ao desafio. A dupla que ainda não venceu no grupo, SV Werder Bremen (de Hugo Almeida) e FC Twente, espera por um triunfo do Inter, de modo que a sua própria vitória sirva para ultrapassar os "spurs".

No Grupo B, o Olympique Lyonnais apura-se se alcançar a quarta vitória consecutiva, em casa do Benfica. No outro jogo do grupo o Hapoel Tel-Aviv FC – sem qualquer ponto, precisa da vitória para manter a esperança de se apurar.

O Bursaspor, outra das formações ainda sem qualquer ponto, recebe o Manchester United FC (de Nani e Bebé), líder do Grupo C, para o maior jogo em casa da sua breve história nas competições europeias. O campeão turco ainda não pontuou nem marcou golos, dando a entender que não terá tarefa fácil frente a uma defesa do United que ainda não sofreu golos. O Valencia CF (de Miguel, Ricardo Costa e Manuel Fernandes) tem a oportunidade de subir ao segundo lugar na recepção ao Rangers FC, actual detentor da posição.

O FC København tem a sua grande oportunidade no Grupo D, no qual um triunfo caseiro sobre o Barcelona o fará ultrapassar o campeão espanhol. No entanto, o Barcelona tem o seu próprio incentivo, já que se vencer pode garantir o apuramento de imediato. No outro jogo, as necessidades de FC Rubin Kazan e Panathinaikos FC são mais básicas: somar a primeira vitória.

O jogo de gala desta jornada acontece na quarta-feira, em San Siro, onde José Mourinho regressa a uma casa conhecida, agora ao serviço do Real Madrid CF (de Pepe, Ricardo Carvalho e Cristiano Ronaldo), líder do Grupo G, para defrontar o AC Milan. O Real nunca venceu em San Siro, mas garante a qualificação com o segundo triunfo consecutivo sobre os "rossoneri". Para o último classificado AJ Auxerre, a visita do AFC Ajax é, efectivamente, a última oportunidade de manter vivas as esperanças de apuramento.

O Bayern, finalista vencido da edição da época passada, viaja até ao terreno do CFR 1907 Cluj (de Nuno Claro, Tony, Cadú e Nuno Diogo), rival no Grupo E, sabendo que a vitória garante a presença nos oitavos-de-final. Até mesmo um empate é suficiente, se FC Basel 1893 ou AS Roma vencerem no outro jogo. No Grupo F, o Chelsea (de Hilário, Paulo Ferreira e Bosingwa) segue em frente na prova se bater pela segunda vez consecutiva o FC Spartak Moskva, em Londres. Caso o Spartak perca, o Olympique de Marseille, terceiro classificado, vai tentar capitalizar esse desaire frente ao MŠK Žilina, ainda sem pontos.

Finalmente, no Grupo H, o FC Shakhtar Donetsk vai tentar desforrar-se da derrota por 5-1 sofrida em casa do Arsenal, quando as duas equipas se reencontrarem na Donbass Arena, apesar de os londrinos, em bom momento de forma, terem outras ideias. Quanto ao FK Partizan (de Almami Moreira), pretende somar os primeiros pontos na recepção ao Braga, terceiro classificado.