O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Estrelas brilham em Estocolmo na fase final da eChampions League

"Gamers" sonantes e lendas da UEFA Champions League proporcionaram emoções fortes na fase final da eChampions League.

eCL Finals 2022: Round-up

Os "gamers" de elite da Europa e um grupo de antigos jogadores famosos da UEFA Champions League foram as principais atracções da Space Arena , por ocasião da fase final da eChampions League, na sexta-feira, em Estocolmo, um dos eventos mais prestigiados da EA SPORTS FIFA 22 Global Series.

O evento principal aconteceu no local com capacidade para 500 lugares sentados e foi muito movimentado à medida que se avançava para o início da acção logo após o meio-dia. Os jogos decorreram ao longo do dia, com as partidas cruciais a ocuparem um lugar de destaque no palco principal, enquanto outros confrontos tiveram lugar numa segunda sala com 20 estações de jogo.

O formato do evento principal era composto por dois caminhos, com os jogadores derrotados no caminho superior a ter uma segunda oportunidade de progredir no caminho inferior.

Nicolas99FC comemora com o troféu, em Estocolmo
Nicolas99FC comemora com o troféu, em Estocolmo

A expectativa para as meias-finais era palpável e houve surpresas durante os intensos jogos que se seguiram. Um dos favoritos na competição, FNATIC TEKKZ, perdeu na primeira meia-final do caminho superior e depois teve o mesmo destino contra o Nicolas99FC após transferir-se para o inferior.

Nicolas99FC esteve à altura na final a duas mãos, depois de perder o jogo inaugural por 3-1 contra Mattias, mas voltou em grande na decisão diante de uma arena cheia com um triunfo por 7-0 para conquistar a glória e recebeu o troféu das mãos do brasileiro Kaká, antiga lenda do Milan e do Real Madrid.

"Este torneio é tão especial com o troféu e os nomes sonantes – significa muito ganhar", disse o vencedor. "Mattias é um grande jogador e um competidor ainda melhor – é também o jogador mais inteligente que já defrontei. Estava a perder por 2-0 e por isso apostei no 4-4-2 e isso foi bom para mim. Usei o equipamento do Real Madrid no jogo e , tal como eles, nunca desisti e dei a volta."

Os adeptos foram igualmente presenteados com outro grande momento, com alguns nomes grandes da UEFA Champions League a mostrarem as suas habilidades no Icon Face Off apresentado pela PlayStation, um evento paralelo especial para fãs.

Ashley Cole: "é um privilégio jogar!"
Ashley Cole: "é um privilégio jogar!"

Neste evento, quatro vencedores da competição, que receberam treino de influenciadores, fizeram dupla com um dos nomes sonantes do futebol europeu presentes no local. As meias-finais, que não tiveram transmissão em directo, foram certamente competitivas – e não houve surpresa quando o destaque das semifinais colocou Kaká e Ashley Cole em confronto.

A antiga estrela do Chelsea avançou para a final e venceu por 2-1 com transmissão em directo e no palco principal contra o ex-avançado do Real Madrid, Fernando Morientes, isto depois de eliminar a equipa de Henrik Larsson na meia-final.

"É minha primeira vez num destes eventos e é incrível estar aqui. Quando se vê o palco, a recepção que têm os jogadores, os fumos, o ecrã, é tudo incrível", afirmou Cole. "Eu costumava jogar muito, por isso ainda me lembro de alguma coisa, mas a qualidade já se foi! Nos meus tempos de futebolista, alguns jogadores costumavam levar as consolas para os hotéis e o vencedor ia ficando a jogar, por isso era preciso escolher o seu parceiro com sabedoria. Sempre foi bastante competitivo. Não olho para as minhas estatísticas no jogo e não levo isso muito a sério – é um privilégio jogar!"