UNECATEF prepara treinadores para o futuro

A UEFA recebeu 15 treinadores franceses numa intensa, mas proveitosa, semana de formação, cujo objectivo foi ajudá-los na procura de trabalho e na melhoria das suas capacidades.

Participantes no curso da UNECATEF durante a semana que passaram em Nyon
Participantes no curso da UNECATEF durante a semana que passaram em Nyon ©UEFA.com

A vida profissional de um treinador raramente tem rede de segurança, sujeita a contratos de curto prazo, entre muitas outras incertezas. A luta internacional pelos cargos traz ainda uma pressão extra, o que significa que os candidatos devem tentar ao máximo aumentar as suas competências.

O que pode então fazer um treinador quando o seu contrato chega ao fim? A UNECATEF, sindicato dos treinadores franceses, com o apoio da Federação Francesa de Futebol (FFF) e da Liga Profissional (LPF), desenvolveu um programa de dez meses – a duração de uma época – que visa ajudar treinadores no desemprego a procurarem trabalho.

"A iniciativa 'Dez Meses para Encontrar Emprego' é fantástica por parte da UNECATEF, que vai além do simples aumento da formação dos treinadores. Passa também pela reintegração profissional e começa por colocar o sorriso de volta à cara dos treinadores. A UEFA está muito satisfeita por poder contribuir para o programa com a sua experiência e os seus especialistas, e deseja o maior dos sucessos a todos os participantes nos próximos passos das suas carreiras", afirmou Frank Ludolph, responsável pelos serviços de formação futebolística para as federações-membro da UEFA.

Numa atmosfera que combinou companheirismo e vontade de aprender, os participantes desenvolveram diversas sessões práticas e técnicas na UEFA. Aprenderam mais sobre como se promoverem e como protegerem os seus clubes, sobre dinâmica de equipa e psicologia do desporto, sobre como gerirem as relações pós-jogo e os "flash interviews".

Jean-François Domergue, vencedor do EURO '84 e actual responsável pelo desenvolvimento futebolístico na UEFA, comentou: "Foi uma experiência recompensadora ver o progresso dos treinadores e monitorizar os seus conhecimentos nas sessões práticas. Espero que esta semana os ajude a recuperarem a sua confiança, dê força durante este período de transição e ajude-os a encontrarem trabalho. Desejo-lhe a melhor das sortes para o futuro".

O abrangente curso de dez meses inclui cursos de avaliação estatística e de análise vídeo, aulas de novas tecnologias para que melhorem as suas capacidades de apresentação, e lições de inglês, para que se tornem elegíveis para cargos noutros países.

Philippe Le Maire, um dos participantes, especializado em treino no escalão Sub-17, agradece a oportunidade. "Este é um programa fantástico para treinadores à procura do próximo emprego", destacou. "A sua força reside no extenso conteúdo – desde a acção dentro de campo à análise".

"Esperei 53 anos para ver concretizado um dos meus sonhos, que era encontrar-me com [o Presidente da UEFA] Michel Platini", acrescentou. "Fazê-lo neste contexto, de um programa de formação de treinadores na UEFA, é um grande privilégio e vou certamente tirar partido na minha vida profissional dos conselhos e das ferramentas que recebi aqui, na Casa do Futebol Europeu".