O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Real Madrid de luto pela morte de Gento

Francisco "Paco" Gento, seis vezes vencedor da Taça dos Campeões pelo Real Madrid, faleceu aos 88 anos.

Francisco Gento segura a Taça dos Campeões Europeus em 1966
Francisco Gento segura a Taça dos Campeões Europeus em 1966 Popperfoto via Getty Images

Ponta-esquerda reconhecido pela sua velocidade e baixo centro de gravidade, Gento ingressou no Real Madrid em 1953, oriundo do Real Racing Club, tendo vivido uma carreira de sucessos sem precedentes na capital espanhola durante 18 épocas.

Gento foi um dos pilares do Real Madrid que conquistou as cinco primeiras edições da Taça dos Clubes Campeões Europeus, tendo marcado nas finais de 1957 e 1958. Foi capitão do Real Madrid em 1964 e 1966, ajudando o clube a recuperar o troféu na última campanha após duas presenças na final como finalista vencido.

Recorde de presenças na final

A ex-glória do Real Madrid partilha o recorde do maior número de jogos em finais da Taça dos Campeões Europeus, com oito partidas, assim como o italiano Paolo Maldini. "Foi um enorme prazer jogar com tantos jogadores mágicos", afirmou Gento ao UEFA.com numa entrevista em 2006.

A "Galerna del Cantábrico" [alcunha devido aos ventos fortes da região da Cantábria], como era conhecido, também conquistou 12 campeonatos, duas Taças de Espanha e uma Taça Intercontinental numa carreira brilhante que o viu fazer 600 jogos pelo clube da capital espanhola.

Gento também representou a selecção espanhola nos Campeonatos do Mundo de 1962 e 1966, somando 43 internacionalizações pela La Roja.