O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Antevisão diária do UEFA Futsal EURO: Bósnia e Herzegovina - Geórgia, Espanha - Azerbaijão

A sete vezes campeã Espanha e a estreante Geórgia podem apurar-se já na segunda jornada do Grupo D, que tem lugar na quarta-feira.

Ortiz e Borja ilustram o bom ambiente de uma Espanha que treinou no domingo
Ortiz e Borja ilustram o bom ambiente de uma Espanha que treinou no domingo UEFA via Sportsfile

A Espanha e a Geórgia podem apurar-se esta quarta-feira para os quartos-de-final do UEFA Futsal EURO 2022, com o Grupo D a entrar na sua segunda jornada em Groningen, na MartiniPlaza.

No sábado, a Espanha bateu a estreante Bósnia e Herzegovina, ao passo que a Geórgia, igualmente presente numa fase final pela primeira vez, recuperou de uma desvantagem de dois golos para vencer o Azerbaijão. Os vencedores da ronda inaugural trocam de adversários nesta jornada e fazemos a antevisão desses jogos.

Bósnia e Herzegovina - Geórgia (16h30, Groningen)

Ambas as equipas foram capazes de retirar pontos positivos das respectivas entradas em cena na competição, no sábado. A Geórgia foi mais assertiva nesse aspecto ao recuperar de duas desvantagens para garantir uma merecida vitória por 3-2 sobre o Azerbaijão. Contudo, a Bósnia e Herzegovina esteve longe de ser humilhada apesar do resultado de 5-1 contra a Espanha, sendo que na quarta-feira já poderá contar com o guarda-redes Darko Milanović, após castigo.

Resumo: Geórgia 3-2 Azerbaijão
Resumo: Geórgia 3-2 Azerbaijão

Outra vitória pode ser suficiente para a Geórgia seguir em frente para os quartos-de-final, isto desde que o Azerbaijão não vença a Espanha mais tarde, sendo que o seu jogo ofensivo foi um deleite para os olhos, não se deixando afectar pela desvantagem madrugadora no marcador. A Bósnia e Herzegovina, no entanto, estará igualmente em alta depois de enfrentar a poderosa selecção espanhola e mostrou o suficiente para sugerir que pode desafiar uma equipa que vai enfrentar pela primeira vez oficialmente.

Ivo Krezo, seleccionador da Bósnia e Herzegovina: "A Geórgia tem uma equipa muito motivada. tal como mostrou no sábado. No entanto, vamos estar mais fortes, uma vez que o nosso guarda-redes regressa de suspensão."

Avtandil Asatiani, seleccionador da Geórgia: "A Bósnia e Herzegovina é um adversário interessante, foi a primeira selecção a qualificar-se para este torneio. Tem bons jogadores e muitas vezes usa o guarda-redes para criar perigo. Vimos que está à nossa frente no ranking e queremos mudar isso."

Estatística-chave: Esta é a primeira vez que dois estreantes em fases finais do Futsal EURO medem forças desde que a Croácia defrontou a Jugoslávia em 1999.

Espanha - Azerbaijão (19h30, Groningen)

Resumo: Espanha 5-1 Bósnia e Herzegovina
Resumo: Espanha 5-1 Bósnia e Herzegovina

A Espanha nunca esteve mais do que uma edição do Futsal EURO sem conquistar o título e a sua exibição eficiente no sábado deixou a marca de uma equipa com muito mais por apresentar pela frente. Fede Vidal foi capaz de experimentar vários sistemas tácticos diferentes contra a Bósnia e Herzegovina e elogiou a "completa" exibição defensiva da sua equipa. Adolfo continua ausente.

O Azerbaijão, no entanto, esteve sob pressão durante todo o jogo contra a Geórgia, mesmo com uma vantagem inicial de dois golos, e agora enfrenta uma situação de potencialmente ter que vencer a heptacampeã europeia para ter qualquer hipótese de se qualificar, isto antes de defrontar a Bósnia e Herzegovina no último jogo do grupo. Gallo e o guarda-redes Rovshan Huseynli continuam de fora mas Rafael Vilela deve regressar.

Fede Vidal, seleccionador da Espanha: "É uma equipa diferente da Bósnia e Herzegovina, tem ideias muito diferentes. O Azerbaijão gere muitas situações de jogo, gosta de jogar de forma mais estática, com pivôs de referência como Bolinha ou Vilela. Tem muita qualidade técnica e para vencê-los é preciso controlar o jogo durante 40 minutos."

Alesio, seleccionador do Azerbaijão: "O que posso dizer sobre a Espanha é que são os melhores da Europa e também do Mundo. Temos que estar focados em todos os aspectos do jogo se quisermos jogar bem contra a Espanha. É uma equipa completa, que se prepara muito bem para estas competições. Vai ser muito difícil porque eles exigem muito dos adversários. Neste Europeu estamos a ver muito equilíbrio e temos que estar atentos aos nossos erros."

Estatística-chave: A Espanha bateu o Azerbaijão por 1-0 para vencer o seu grupo no UEFA Futsal EURO 2018.