O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Portugal em campo, tudo ou nada para Eslovénia e Hungria

A Eslovénia e a Hungria vão procurar contrariar o favoritismo de Portugal e Ucrânia, respectivamente, no tudo ou nada para ambas as selecções nas segundas jornadas dos Grupos A e B.

Portugal em campo, tudo ou nada para Eslovénia e Hungria
Portugal em campo, tudo ou nada para Eslovénia e Hungria ©Sportsfile

Eslovénia e Hungria jogam esta quinta-feira o tudo ou nada na segunda jornada dos Grupos A e B do UEFA Futsal EURO 2016, em Belgrado. No entanto, a Eslovénia enfrenta Portugal, selecção com fortes aspirações, enquanto a Hungria defronta a Ucrânia também em boa forma.

JOGOS DE QUINTA-FEIRA

Depois de ter marcado primeiro na derrota por 5-1 com a anfitriã Sérvia no jogo de abertura da prova, na terça-feira, a Eslovénia não pode perder de novo ante uma formação que não terá desta feita o apoio de um pavilhão inteiro, Portugal, que se estreia na competição. A Eslovénia terá que melhorar o desempenho da segunda parte frente à Sérvia de modo a que o próximo encontro numa fase final não seja apenas aquele que fará na qualidade de anfitrião da edição de 2018, em Ljubljana.

Portugal, do seu lado, é vista como a selecção com mais capacidade de quebrara o oligopólio de Itália, Rússia e Espanha. Cardinal (castigado) falha a fase de grupos, mas Ricardinho estará presente e pronto para fazer a diferença. Portugal sabe que uma vitória valerá o apuramento a uma jornada do fim, independentemente do resultado que obtiver no jogo de sábado frente à Sérvia.

Igor Osredkar marcou o primeiro golo do Belgrado 2016
Igor Osredkar marcou o primeiro golo do Belgrado 2016©Sportsfile

Jogador a seguir: Ricardinho (Portugal) – tem-se destacado nas competições anteriores, mas nunca ergueu o troféu.

Número: 17 – Portugal marcou 17 golos nos três jogos numa difícil ronda principal de apuramento para o Campeonato do Mundo de Futsal, em Dezembro.

Igor Osredkar, Eslovénia: "Ainda não estamos eliminados da prova. Frente a Portugal poderemos ter mais um pouco de sorte, apesar de eles serem uma das melhores equipas que aqui estão. Se calhar poderemos fazer uma surpresa, porque não?"

Ricardinho, Portugal: "Sei que muitos adeptos vêm ver os nossos jogos na esperança de ver algo de diferente. Esta equipa portuguesa tem muita qualidade e, no que me diz respeito, tudo o que posso dizer é que me sinto muito bem quando tenho a possibilidade de premiar o seu apoio [dos adeptos] com algum truque ou um belo golo."

A Hungria perdeu com a Espanha
A Hungria perdeu com a Espanha

Jogador a seguir: Yevgen Rogachov (Ucrânia) – Bilotserkivets poderá estar ausente, mas Rogachov está entre os mais experimentados jogadores da Ucrânia capazes de fazer a diferença.

Número: 6 – A Hungria perdeu todos os seis encontros disputados em fases finais, uma série que precisa de terminar na quinta-feira.

Sito Rivera, treinador da Hungria: "Viemos para a Sérvia para nos apurarmos para os quartos-de-final. Sabíamos que poderíamos perder contra a Espanha e que teríamos que derrotar a Ucrânia. Nada mudou."

JOGOS DE SEXTA-FEIRA

Grupo C: Cazaquistão - Croácia (17h30)
A Croácia inicia a caminhada rumo à terceira participação seguida na fase a eliminar

Grupo D: Azerbaijão - República Checa (20h00)
Os checos iniciam a sua prova com o objectivo de repetir a vitória no encontro do terceiro lugar em 2010.

Veja agora...

A anfitriã Sérvia a mostrar a sua classe frente à Eslovénia

Watch hosts Serbia hit five
Watch hosts Serbia hit five