Portugal empata, Espanha em boa forma

A preparação para o UEFA Futsal EURO 2012 continuou esta semana, com Portugal a empatar duas vezes a um golo ante a Itália e a Espanha a conseguir dois triunfos sobre a Eslovénia.

Vampeta fez o empate nos últimos minutos do primeiro jogo de Itália em Portugal
Vampeta fez o empate nos últimos minutos do primeiro jogo de Itália em Portugal ©Paolo Cassella/Divisione Calcio a 5

A preparação para o UEFA Futsal EURO 2012 continuou esta semana, com Portugal a empatar duas vezes a um golo ante a Itália e a Espanha a conseguir dois triunfos sobre a Eslovénia.

Portugal recebeu a Itália no Pavilhão Multiusos de Gondomar, o local onde os dois países mediram forças no jogo de estreia na fase final do Europeu de 2007, e os dois jogos voltaram a resultar em empates. Cardinal colocou a equipa da casa em vantagem no início do encontro de quarta-feira, mas Vampeta empatou para os italianos a quatro minutos do final. No dia seguinte, foi Itália que se adiantou no marcador com um golo de Fortino, mas João Matos empatou para os anfitriões.

Jorge Braz, que não sofreu derrotas no comando de Portugal nos recentes encontros particulares frente ao Brasil, à Rússia e à Itália, afirmou: "É melhor vencer os jogos de preparação, mas não nos podemos distrair do nosso objectivo principal, que é preparar da melhor forma a qualificação para o Campeonato do Mundo [que vai decorrer em Dezembro, em Coimbra]. Tivemos momentos muito bons frente à Itália, especialmente no primeiro jogo, onde poderíamos ter marcado mais golos. Quando a vantagem é de apenas um golo tudo é muito imprevisível, especialmente no futsal, onde tudo pode mudar muito rapidamente. No entanto, não podemos esquecer a qualidade do nosso adversário."

A Eslovénia - que vai medir forças com a Espanha no jogo de abertura do Grupo B da fase final, que está marcado para 31 de Janeiro, em Zagreb - revelou-se um adversário difícil nos dois embates ante os campeões europeus, perdendo por 3-0 em Puertollano e, no dia seguinte, por 2-1, em Toledo. No primeiro encontro, a Espanha só inaugurou o marcador a seis minutos do final, com dois golos de Álvaro a serem complementados por um remate certeiro de Rafa Usin.

"As duas equipas jogaram muito bem. A Eslovénia pressionou muito no primeiro tempo e mostrou que tem evoluído muito. Depois tentámos impor o nosso jogo e, graças à nossa qualidade, conseguimos anular o poderio ofensivo do adversário", explicou o seleccionador de Espanha, José Venancio López.

Álvaro atingiu a 100ª internacionalização no segundo encontro, nove anos e 11 meses depois de ter feito a estreia frente a Portugal. No entanto, foi Pola, um dos jogadores da nova geração da Espanha, que, inaugurou o marcador nos primeiros minutos. José Ruiz aumentou por 2-0, antes de Benjamin Melink reduzir a desvantagem da Eslovénia.

Álvaro foi homenageado no início deste mês com a medalha de prata da Ordem Real de Mérito Desportivo, levando Venancio López, a afirmar: "O Álvaro é um jogador que mostrou a sua qualidade a nível internacional e nos clubes que tem representado. Tem uma enorme capacidade técnica e um grande equilíbrio. Sabe ler um jogo e quando deve pausar o ritmo ou aumentar a intensidade."

Esta semana, a Rússia e a República Checa mantiveram-se em actividade, com a participação no Grand Prix no Brasil e, depois de ultrapassarem os respectivos grupos, vão medir forças nos quartos-de-final na quinta-feira. O UEFA Futsal EURO 2012 vai decorrer entre 31 de Janeiro e 11 de Fevereiro, na Croácia.