O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Santos e Quaresma garantem ambição

O seleccionador de Portugal, Fernando Santos, e Ricardo Quaresma reconhecem a importância do jogo com a Albânia e prometem empenho para somar os três pontos.

Ricardo Quaresma garante Portugal ambicioso
Ricardo Quaresma garante Portugal ambicioso ©AFP/Getty Images

O seleccionador de Portugal, Fernando Santos, está optimista quanto ao embate em Elbasan, com a Albânia, mas, simultaneamente, bem ciente da importância do mesmo para as contas do Grupo I de apuramento para o UEFA EURO 2016, que os lusos lideram, com um ponto de vantagem relativamente aos albaneses e à Dinamarca.

"Este jogo não será um final, pois nada ficará resolvido matematicamente", começou por lembrar Fernando Santos. "No entanto, será um passo gigante rumo ao Europeu", recordando, em seguida, a importância do encontro: "Agora, todos os jogos podem ser considerados finais devido à diferença de um ponto."

"Sabemos que todas as vitórias são decisivas, pelo que apelidar este jogo de final poderá servir para dar um cunho mais forte", completou Fernando Santos durante a conferência de Imprensa que decorreu este domingo.

O seleccionador de Portugal falou, depois, daquilo que a sua equipa pode esperar em Elbasan da parte da representação adversária: "Depois da análise que fizemos e dos jogos que vimos, sabemos que a Albânia será igual a si própria. É um conjunto super-motivado, que está perto de alcançar o feito histórico de garantir a presença na fase final do Europeu. Tem um povo que está atrás da sua selecção. É uma formação muito agressiva, que coloca muita pressão sob os adversários e que irá tentar condicionar a nossa saída e aproveitar o nosso erro."

Para contrariar o bom momento da Albânia, que venceu em Portugal há um ano, no início da fase de apuramento, Fernando Santos revelou aquilo que considera necessário: "É um jogo que queremos vencer, mas sabemos que vamos encontrar tremendas dificuldades para derrotar a Albânia. Teremos que igualar a sua matriz de jogo e, depois, poderemos resolver através da nossa qualidade individual. Se assim não for, teremos muitas dificuldades."

Cristiano Ronaldo já não marca há três jogos, mas o seleccionador Fernando Santos está confiante que o capitão da selecção lusa será decisivo, na segunda-feira, frente à Albânia. O jejum de Cristiano Ronaldo pela selecção portuguesa não preocupa sobremaneira Fernando Santos, que coloca a situação em perspectiva: "Obviamente temos que levar em conta sobre quem estamos a falar. Se fosse outro jogador, seria normal, mas como é Ronaldo... Estão a falar dele no Mundo porque não marca há três jogos, mas ele está super-motivado para fazer golos e quer ajudar a selecção a vencer com os seus golos", assegurou o máximo responsável técnico português.

O jogador que acompanhou Fernando Santos na conferência de imprensa foi Ricardo Quaresma, tendo o extremo do Besiktas JK reconhecido as dificuldades que Portugal enfrentará em Elbasan: "É uma selecção que ainda não perdeu, mas nós vamos dar tudo o que temos para ganhar, tal como temos vindo a fazer", assegurando o total empenho dos jogadores portugueses face à importância de um eventual triunfo lusitano para garantir o apuramento para o EURO 2016. "O mais importante é jogar para ganhar, jogar como equipa, e é isso que temos feito. Nós queremos uma grande vitória. O mais importante é estarmos unidos e preparados para as dificuldades que vamos encontrar", concluiu.

Seleccionados para si