O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

França perde Ribéry e Grenier para o Mundial

Franck Ribéry e Clément Grenier foram forçados a deixar a selecção de França que vai disputar o Mundial, devido a lesões, com Rémy Cabella e Morgan Schneiderlin a serem chamados.

Franck Ribéry não conseguiu ultrapassar uma lesão nas costas
Franck Ribéry não conseguiu ultrapassar uma lesão nas costas ©AFP

A França não vai poder contar com Franck Ribéry e Clément Grenier no Campeonato do Mundo no Brasil, com Didier Deschamps a solicitar que as vagas em aberto sejam ocupadas por Rémy Cabella e a Morgan Schneiderlin.

O atacante do FC Bayern München, que soma 81 internacionalizações, não conseguiu debelar um problema nas costas. "Vimos alguns sinais positivos em Ribéry, regressou e começou a trabalhar com mais intensidade, mas esta manhã, na última sessão de treino, foi obrigado a parar por sentir dores fortes", explicou Deschamps.

"Realizámos exames médicos que confirmaram que a situação se agravou. Temos de nos conformar que não vai conseguir treinar-se durante várias semanas, muito menos jogar."

Grenier, médio de 23 anos do Olympique Lyonnais que foi cinco vezes internacional, sofreu uma lesão numa virilha no treino de quinta-feira. "Tem uma hérnia", explicou Deschamps. "Na quarta-feira treinou-se normalmente, mas na quinta, durante um exercício de finta e remate, sentiu uma forte dor na virilha e parou imediatamente. Realizou um exame que, infelizmente, revelou um estiramento no adutor da perna direita. Não vai conseguir treinar ou jogar durante várias semanas."

A França fez um pedido à FIFA para substituir os dois jogadores entre os convocados, com os nomes propostos a serem Cabella, o jogador do Montpellier Hérault SC que somou a primeira internacional na goleada de 4-0 à Noruega a 27 de Maio, e Schneiderlin, um médio do Southampton FC que nunca representou a selecção.

Este não é o primeiro revés dos "bleus" na preparação para a fase final, pois o guarda-redes Steve Mandanda foi obrigado a abandonar o estágio devido a uma lesão no pescoço.

A França vai iniciar a participação no Grupo E frente às Honduras, a 15 de Junho, tendo depois de medir forças com Suíça e Equador.