O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Irlanda convence frente ao Cazaquistão

República da Irlanda 3-1 Cazaquistão
Os anfitriões estiveram a perder, mas deram a volta ao marcador e despediram-se do Grupo C com uma vitória.

Irlanda convence frente ao Cazaquistão
Irlanda convence frente ao Cazaquistão ©Sportsfile

A República da Irlanda despediu-se do Grupo C de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2014 com um triunfo por 3-1 sobre o Cazaquistão.

O encontro ganhou vida quando Dmitri Shomko fez a bola beijar o fundo das redes à guarda de David Forde com o espectacular primeiro golo da partida. Robbie Keane, porém, não tardou a responder para os irlandeses e restabeleceu a igualdade na conversão de uma grande penalidade, antes de John O'Shea carimbar a reviravolta no marcador, ainda primeira parte. A vitória da Irlanda foi confirmada a 12 minutos do apito final, com Shomko a voltar a marcar, mas desta feita na sua própria baliza.

O Cazaquistão entrou da melhor maneira no encontro, ganhando vantagem à passagem do minuto 13. Depois de receber a bola de costas para a baliza, o defesa Shomko rodopiou com classe antes de desferir um colocado remate em arco que entrou no ângulo mais distante da baliza irlandesa. A Irlanda, contudo, não tardou a restabelecer a igualdade. Aleksandr Kislitsyn cortou uma bola com a mão dentro da sua própria área e Keane não perdoou na transformação ad consequente grande penalidade. O'Shea deu, de seguida, a volta ao resultado, ao aproveitar um erro da defesa do Cazaquistão para fazer o 2-1.

A Irlanda regressou autoritária para o segundo tempo. Andy Reid esteve em destaque, com várias arrancadas pelo flanco esquerdo e, numa delas, serviu Glen Whelan para um remate a rasar o poste. Na outra área, o Cazaquistão respondeu por intermédio de um homem vindo do banco, Igor Yurin, que esteve perto do empate num disparo que saiu ligeiramente ao lado. As dúvidas quando ao desfecho do encontro, porém, terminaram pouco depois, com um cruzamento atrasado de Aiden McGeady na direcção de Keane a ser tocado por Shomko para o fundo da sua própria baliza.