Guia do Grupo D do Women's EURO 2017

Quarta-feira, dia 19 de Julho, marcará a estreia de Portugal em fases finais de Campeonatos da Europa Femininos da UEFA, no arranque de um Grupo D que começa com um derby ibérico e outro britânico.

©UEFA.com
  • Os jogos (hora de Portugal continental)

Quarta-feira, 19 de Julho
Espanha - Portugal (Doetinchem) 17h00
Inglaterra - Escócia (Utrecht) 19h45

Domingo, 23 de Julho
Escócia - Portugal (Roterdão) 17h00
Inglaterra - Espanha (Breda) 19h45

Quinta-feira, 27 de Julho
Portugal - Inglaterra (Tilburg) 19h45
Escócia - Espanha (Deventer) 19h45

©Getty Images

Inglaterra
2013: fase de grupos
Melhor presença no EURO: Finalista vencida (1984, 2009)
Como se qualificou: Vencedora do Grupo 7, 7V 1E 0D 32GM 1GS
Jogadora a ter em atenção: Steph Houghton (defesa, Manchester City)
Últimos cinco amigáveis
(mais recente primeiro): VVVED

• Depois de uma eliminação prematura em 2013, o jovem treinador galês Mark Sampson assumiu o leme e guiou a Inglaterra ao bronze no Campeonato do Mundo da FIFA de 2015, onde foi a melhor selecção europeia.

Seleccionador: Mark Sampson
"Progredimos muito ao longo destes três últimos anos...agora cabe-nos demonstrar essa evolução neste Campeonato da Europa. Sinto que somos uma equipa diferente à entrada para este torneio."

©Sportsfile

Escócia
2013: "play-off"
Melhor presença no EURO: primeira participação
Como se qualificou: 2ª do Grupo 1, 7V 0E 1D 30GM 7GS
Jogadora a ter em atenção: Jane Ross (avançada, Manchester City)
Últimos cinco amigáveis (mais recente primeiro): VDVDE

• Há 12 anos ao leme da selecção, Anna Signeul vai despedir-se no final da prova, depois de conduzir a Escócia à sua primeira presença em fases finais de grandes torneios. A preparação foi abalada pelas lesões de Kim Little e Jennifer Beattie, mas as escocesas contam com Jane Ross, uma das melhores marcadoras da fase de qualificação, e com a experiência da guarda-redes Gemma Fay, que somou recentemente a sua 200ª internacionalização.

Seleccionadora: Anna Signeul
"Estou ansiosa por ver as minhas jogadoras em acção no EURO, pois é algo que leas há muito ansiavam. Vai ser fantástico."

©Sportsfile

Espanha
2013: quartos-de-final
Melhor presença no EURO: meias-finais (1997)
Como se qualificou: Vencedora do Grupo 2, 8V 0E 0D 39GM 2GS
Jogadora a ter em atenção: Jenni Hermoso (avançada, Paris Saint-Germain)
Últimos cinco amigáveis (mais recente primeiro): EVVDV

• Em 2017, a Espanha conquistou a Algarve Cup, somou várias outras vitórias impressionantes e apenas foi derrotada pelo Brasil. É, pois, natural que muitos considerem que chegou a altura de as espanholas reproduzirem na selecção principal os êxitos das selecções jovens.

Seleccionador: Jorge Vilda
"Considero que, a cada dia que passa, estamos mais perto do topo do futebol feminino europeu e mundial. O nosso papel é reduzir essa distância que ainda temos para o topo e estamos no caminho certo."

©FPF

Portugal
2013: quarto no seu grupo de qualificação
Melhor presença no EURO: primeira qualificação
Como se qualificou: 2º do Grupo 2, 4V 1E 3D 15GM 11GS, vitória no "play-off" sobre a Roménia (total: 1-1, Portugal apurado nos golos fora)
Jogadora a ter em atenção: Cláudia Neto (centrocampista, Linköping)
Últimos cinco amigáveis (mais recente primeiro): VDDED

• Última selecção a apurar-se e, talvez, a mais surpreendente apurada, visto ocupar apenas o 25º lugar do ranking à entrada para a qualificação. Portugal conta com jogadoras a actuarem em seis diferentes países e espera que a experiência adquirida por essas jogadoras nos vários campeonatos ajude a equipa.

Seleccionador: Francisco Neto
"Temos consciência do valor das nossas adversárias e da nossa posição no ranking, mas isso não nos tira ambição, pois foi essa ambição que nos conduziu até aqui."