Formato da UEFA Nations League confirmado

A UEFA confirmou em definitivo as regras e os regulamentos da UEFA Nations League, a nova competição europeia para selecções nacional, cujo início está agendado para Setembro de 2018.

©UEFA.com

A UEFA confirmou em definitivo as regras e os regulamentos da UEFA Nations League, menos de um ano antes da disputada do primeiro jogo da competição, a 6 de Setembro de 2018. O novo logótipo para o torneio foi igualmente revelado após a reunião do Comité Executivo da UEFA, em Nyon.

UEFA Nations League 2018/19: como vai funcionar

A UEFA Nations League é a nova prova de selecções nacionais que visa potenciar ainda mais o continuado êxito dos jogos de selecções, substituindo uma parte significativa dos encontros amigáveis por outros competitivos e, ao mesmo tempo, permitir que todas as selecções defrontem outras de ranking igual com maior regularidade.

  • Participam as 55 federações-membro da UEFA.
  • As selecções são divididas em quatro ligas, A-B-C-D, de acordo com o ranking de coeficientes de selecções nacionais da UEFA no final da Qualificação Europeia para o Campeonato do Mundo de 2018 (a 11 de Outubro de 2017; os resultados do “play-off” não serão contabilizados)
  • Na Liga A estarão as 12 selecções mais bem posicionadas no “ranking”, as 12 seguintes ficarão na Liga B, as 15 seguintes na Liga C e as 16 restantes na Liga D.
  • As Ligas A e B terão quatro grupos de três equipas.
  • A Liga C terá um grupo de três equipas e três grupos de quatro equipas; A Liga D será formada por quatro grupos de quatro equipas.
  • Todos os procedimentos do sorteio ainda serão divulgados. As equipas jogarão em casa e fora entre Setembro e Novembro de 2018 (as selecções realizarão entre quatro e seis jogos dependendo do tamanho do grupo).
  • Os quatro vencedores dos grupos da Liga A garantem a qualificação a fase final da UEFA Nations League a realizar em Junho de 2019, que terá duas meias-finais, o jogo de atribuição do terceiro lugar e a final. O país anfitrião será escolhido pelo Comité Executivo da UEFA em Dezembro de 2018 entre os finalistas.
  • Os vencedores dos grupos nas Ligas B, C e D garantem a subida à liga acima e os que terminarem no último posto nas Ligas A, B e C serão despromovidos.

As selecções nacionais irão, assim, competir por se tornarem campeãs da UEFA Nations League ou lutar por subir e evitar a despromoção nas respectivas ligas.

O sorteio da Fase das Ligas da UEFA Nations League terá lugar no Centro de Convenções SwissTech, em Lausana, a 24 de Janeiro de 2018, data em que o novo troféu da UEFA Nations League será igualmente revelado.

Qualificação para o UEFA EURO 2020

A qualificação para o UEFA EURO 2020 continuará a decorrer praticamente da mesma forma (mantendo os 24 finalistas), embora os jogos da Qualificação Europeia arranquem agora no mês de Março do ano seguinte ao da fase final das grandes competições, em vez de começarem logo no mês de Setembro do mesmo ano (Março de 2019 neste caso). Nenhuma equipa terá qualificação automática como país anfitrião (haverá 13 países anfitriões no total).

Fase de grupos de qualificação (20 apurados)
As selecções serão divididas em dez grupos de cinco ou seis cada, qualificando-se as duas primeiras para a fase final do EURO, o que determinará as primeiros 20 apuradas.

European Qualifiers play-offs explained
European Qualifiers play-offs explained

"Play-off" (4 apurados) 
Os derradeiros quatro apurados para o EURO serão encontrados através do "play-off" da Qualificação Europeia, disputado pelos 16 vencedores dos grupos da UEFA Nations League (os quatro vencedores dos grupos de cada uma das quatro divisões).

  • Cada liga terá um caminho próprio, com meias-finais e final jogadas a uma só mão. O vencedor de cada um dos caminhos garantirá um bilhete para a fase final do UEFA EURO 2020.
  • Se um dos vencedores dos grupos da UEFA Nations League já tiver assegurado um lugar através da Qualificação Europeia, essa vaga será para a equipa que terminou no lugar seguinte na sua Liga. Se uma Liga não tiver quatro equipas a competir, as vagas restantes serão atribuídas a equipas de outra Liga, de acordo com o ranking da UEFA Nations League.
Topo