O "site" oficial do futebol europeu

"Gunners" voltam a celebrar

Publicado: Quarta-feira, 21 de Novembro de 2012, 22.50CET
Arsenal FC 2-0 Montpellier Hérault SC
O primeiro golo em quase dois anos de Jack Wilshere e um tento de Lukas Podolski garantiram o apuramento do clube inglês.
por David Crossan
de Arsenal Stadium
"Gunners" voltam a celebrar
Lukas Podolski celebra após marcar o segundo golo ao Montpellier ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

ArsenalMontpellier

Golos marcados2
 
0
à baliza7
 
5
para fora4
 
6
Cantos7
 
3
Foras-de-jogo3
 
7
Faltas cometidas17
 
13
Cartões amarelos3
 
2
Cartões Vermelhos0
 
0
Posse de bola(%)54
 
46

Classificação

Última actualização: 19/06/2013 21:23 CET

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
 
Publicado: Quarta-feira, 21 de Novembro de 2012, 22.50CET

"Gunners" voltam a celebrar

Arsenal FC 2-0 Montpellier Hérault SC
O primeiro golo em quase dois anos de Jack Wilshere e um tento de Lukas Podolski garantiram o apuramento do clube inglês.

O Arsenal FC garantiu a qualificação para os oitavos-de-final da UEFA Champions League, a um jogo do final da fase de grupos, após a vitória, por 2-0, sobre o Montpellier Hérault SC. Os franceses já não escapam ao último lugar do Grupo C.

A segunda parte da equipa de Arsène Wenger foi bem melhor do que a primeira e justificou os golos de Jack Wilshere e Lukas Podolski, ambos após assistências do avançado Olivier Giroud, antigo jogador do Montpellier. Depois de ter somado apenas um ponto nos dois jogos com o FC Schalke 04, o triunfo do Arsenal, aliado à vitória dos alemães sobre o Olympiacos FC, permitiu aos "gunners" atingirem os oitavos-de-final pela 13ª época consecutiva.  

O início de jogo ficou marcado por uma série de passes falhados, mas a equipa da casa esteve perto do golo aos 11 minutos, quando Laurent Koscielny, de cabeça, atirou à barra da baliza francesa. No entanto, o Montpellier, apoiado por muitos adeptos que viajaram até Londres, mostrou um enorme empenho e, esporadicamente, ameaçou em contra-ataque.

A equipa visitante fazia um trabalho admirável para cortar as linhas de passe para Giroud, melhor marcador dos campeões franceses na época passada. Podolski, por seu lado, parecia estar mais perto do golo, mas o avançado alemão, depois de roubar a bola a Mapou Yanga-Mbiwa, atirou ao lado. 

Depois de ter conseguido "amarrar" Giroud na primeira parte, o Montpellier acabaria por ser castigado na primeira vez que o avançado entrou verdadeiramente no jogo, ao quarto minuto da segunda parte. O internacional francês deu seguimento a um centro de Thomas Vermaelen e tocou para Wilshere, que marcou o seu primeiro golo em jogos oficiais desde Novembro de 2010. Um grande momento para um jogador que recentemente regressou à competição após 17 meses de ausência devido a uma lesão num tornozelo. 

Wojciech Szczęsny defendeu um remate de Rémy Cabella e impediu o Montpellier de chegar ao empate e, em cima da hora de jogo, o Arsenal chegou ao 2-0. Giroud esteve outra vez envolvido na jogada, levantando a bola para a área, onde surgiu Podolski a desferir um potente remate de pé esquerdo que só parou no fundo da baliza.

A equipa de Wenger animou-se e apenas grandes defesas de Geoffrey Jourdren impediram os golos de Santi Carzola e Giroud. O Montpellier, que ainda viu o suplente Emanuel Herrera desperdiçar uma boa oportunidade perto do fim, agora só tem uma oportunidade para conseguir a primeira vitória nesta estreia na UEFA Champions League, quando receber o Schalke. Já o Arsenal viaja até Atenas para defrontar o Olympiacos e pode conseguir o primeiro lugar do grupo se conseguir um resultado melhor do que o Schalke.

Última actualização: 23-11-12 0.10CET

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2013/matches/round=2000347/match=2009554/postmatch/report/index.html#arsenal+segue+frente

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.