O "site" oficial do futebol europeu

Alemanha e França asseguram títulos

Publicado: quinta-feira, 13 de Março de 2014, 10.56CET
A Alemanha venceu a Algarve Cup pela segunda vez em três anos, enquanto a França ergueu a Cyprus Women Cup ao derrotar a Inglaterra: o UEFA.com resume os torneios.
Alemanha e França asseguram títulos
A Alemanha festeja a vitória na edição 2014 da Algarve Cup ©Getty Images
Publicado: quinta-feira, 13 de Março de 2014, 10.56CET

Alemanha e França asseguram títulos

A Alemanha venceu a Algarve Cup pela segunda vez em três anos, enquanto a França ergueu a Cyprus Women Cup ao derrotar a Inglaterra: o UEFA.com resume os torneios.

Alemanha e França começaram o ano com a esperança de chegar ao Campeonato do Mundo Feminino em boa forma, após vencerem dois dos torneios de preparação de Primavera disputados esta semana. O UEFA.com analisa a Algarve Cup e a Cyprus Women Cup, numa altura em que a qualificação para o Mundial é retomada a 4 de Abril.

Algarve Cup
A Alemanha tem cinco vitórias, 40 golos marcados e nenhum sofrido no Grupo 1 de qualificação para o Mundial e a boa forma teve continuação em Portugal. Ficou no topo do Grupo A após vencer a Islândia por 5-0, a China por 1-0 e a Noruega por 3-1 e, tal como na final de 2012, bateu o Japão no jogo do título. Nadine Kessler, Anja Mittag e Dzenifer Marozsán marcaram cedo na segunda parte para na vitória por 3-0.

A Islândia recuperou de forma notável da derrota no jogo de abertura e os golos, já perto do final, garantiram vitórias sobre a Noruega por 2-1 e a China por 1-0, enquanto o bis de Harpa Thorsteinsdóttir a assegurou o triunfo sobre a Suécia por 2-1 e a conquista do terceiro lugar. A Suécia só falhou a presença na final quando uma grande penalidade no último minuto deu ao Japão a vitória por 2-1 e o primeiro lugar no Grupo B. Antes disso, as suecas tinham derrotado a Dinamarca por 2-0 e os Estados Unidos por 1-0, na primeira vez que as norte-americanas perderam desde que Pia Sundhage deixou o comando da equipa para orientar o país natal, a Suécia, no final de 2012.

Três dias depois os Estados Unidos voltaram a perder, e a Dinamarca fez história ao tornar-se na primeira equipa a conseguir marcar cinco golos às norte-americanas na vitória por 5-3, o ponto alto numa prova que começou com derrotas com a Suécia e o Japão e terminou na derrota no desempate por penalties com a China na luta pelo quinto lugar.

A Noruega, finalista vencida no UEFA Women EURO 2013 frente à Alemanha, teve uma participação infeliz; além da derrota ante a selecção que viria a vencer o torneio, a formação nórdica perdeu com a China, a Islândia e depois com a Rússia no jogo de atribuição do nono lugar. A Rússia tinha antes perdido por 2-1 com a Coreia do Norte, vencido Portugal por 3-1 e sido derrotada por 3-2 pela Áustria. As austríacas queriam desforrar o desaire por 3-2 no jogo de abertura frente à selecção portuguesa, na estreia sob o comando técnico de Francisco Neto, e conseguiram ganhar 2-1 na luta pelo 11º primeiro lugar.

Cpyrus Women's Cup
Menos de um ano depois de ter eliminado as britânicas do UEFA Women EURO 2013, a França roubou o título à Inglaterra com uma vitória por 2-0 na final, graças ao golo obtido cedo por Gaëtane Thiney e outro da autoria de Camille Abily. As francesas só vacilaram um pouco durante a qualificação no Grupo B; empataram com a Escócia 1-1 no jogo de abertura, venceram a Austrália por 3-2 e depois a Holanda por 3-0, com Wendie Renard a obter o terceiro golo já nos descontos e a assegurar o primeiro lugar do grupo por causa da diferença de golos

©Getty Images

France's celebrations

Até essa altura, a Escócia estava na frente da classificação, com um "hat-trick" de Lisa Evans a sublinhar a vitória por 4-3 sobre a Holanda e outro de Jane Ross no triunfo por 4-2 ante a Austrália, que parecia garantir às escocesas um lugar na final frente à Inglaterra, até o golo tardio de Renard tudo mudar. A Escócia perdeu depois o terceiro lugar no desempate por penaltis com a Coreia do Sul, que tinha ficado no primeiro lugar do Grupo C, à frente da República da Irlanda graças à melhor diferença de golos.

O novo seleccionador de Inglaterra, Mark Sampson, viu a equipa fazer um brilhante trajecto no Grupo A; vitória sobre a Itália por 2-0 e um triunfo folgado frente à Finlândia por 3-0 antes de Lianne Sanderson voltar a marcar pela selecção inglesa, algo que já não acontecia desde 2010, numa vitória por 2-0 frente ao Canadá. O país organizador do próximo Mundial tinha antes batido Itália e Finlândia e terminou a prova no quinto lugar, graças à vitória por 2-1 sobre a Irlanda. Patrizia Panico conseguiu o golo 100 pela selecção italiana e assegurou o empate 1-1 com a Finlândia, mas as transalpinas seriam depois derrotadas pela Austrália, por 5-2, no jogo de atribuição do sétimo lugar.

A Holanda, que deixou escapar uma vantagem de dois golos e empatou 2-2 com a Austrália no jogo de abertura, terminou no nono lugar depois de bater a Suíça por 4-1. As helvéticas, que estão à frente de Dinamarca e Islândia na qualificação para o Mundial, tinham antes empatado 1-1 com a Coreia do Sul, vencido a Nova Zelândia por 2-1 e perdido pelo mesmo resultado com as irlandesas por causa do golo de Stephanie Roche ao minuto 90. A fraca participação finlandesa terminou com uma derrota por 1-0 frente à Nova Zelândia.

Última actualização: 04-06-15 8.29CET

https://pt.uefa.com/womensworldcup/news/newsid=2071538.html#alemanha+franca+asseguram+titulos