O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Alemanha nas meias-finais

Noruega 0-2 Alemanha
A turma germânica continua imbatível e já garantiu um lugar nas meias-finais do Europeu feminino de Sub-19.

A Alemanha bateu a Noruega por 2-0, em Reiquiavique, com golos de Stephanie Goddard e Nadine Kessler, e já tem garantido um lugar nas meias-finais do Campeonato da Europa feminino de Sub-19.

Apuradas
Esta vitória é um resultado notável, tanto mais que as norueguesas tinham goleado a Islândia por 5-0 no jogo de estreia. O triunfo das alemãs, conjugado com a vitória da Dinamarca sobre a Islândia no outro jogo da noite, garante desde já a presença das detentoras do troféu nas meias-finais. A Alemanha fica também com a presença confirmada no Campeonato do Mundo feminino de Sub-20.

Ameaça norueguesa
A turma orientada por Maren Meinert entrou de forma lenta no encontro, possibilitando que a Noruega fosse mais perigosa, principalmente devido à atacante Elise Enget. Aos seis minutos de jogo, a norueguesa Ingvild Isaksen fugiu a Katharina Baunach e avançou pelo flanco direito. A extremo colocou a bola de forma perfeita em Isabell Herlovsen, mas o cabeceamento saiu ao lado da baliza. O bom início das nórdicas teve mais um ponto alto aos 14 minutos, quando Caroline Walde desmarcou Enget. O remate da atacante saiu forte, mas a guarda-redes alemã Alisa Vetterlein fez uma defesa espectacular.

Alemanha em vantagem
A reacção da Alemanha começou aos 21 minutos, quando Monique Kerschowski rematou a 25 metros da baliza e a bola passou a rasar a trave. Esta jogada motivou ainda mais as campeãs europeias que, ainda antes do intervalo, ganharam vantagem com uma bela jogada, iniciada por Monique Kerschowski que, após ultrapassar duas defesas, assistiu Goddard, que rematou à meia-volta não dando hipóteses de defesa a Runa Barli.

Fechar as contas
No segundo tempo as norueguesas começaram a dar sinais de cansaço e as alemãs aumentaram ainda mais o ritmo. Após muitas oportunidades desperdiçadas, a Alemanha voltou a marcar e estabeleceu o resultado final. Kessler aproveitou um ressalto de bola em Gunhild Herregården para rematar à queima-roupa, não dando hipóteses de defesa a Barli. Este resultado deixa a Alemanha na liderança do Grupo A, com três pontos de vantagem sobre a equipa de Jarl Torske. Na última jornada, a disputar na segunda-feira, vai ficar definido quem será o outro representante do grupo nas meias-finais.

Seleccionados para si