Espanha volta finalmente a vencer

Após perder três finais seguidas, a Espanha conquistou finalmente o segundo título no EURO Feminino Sub-19 após derrotar a campeã França numa reviravolta fantástica, em Belfast.

Spain Women's Under-19 team
©Sportsfile

Com a Espanha a perder frente à França, por 2-1, aos 71 minutos da final do Campeonato da Europa Feminino de Sub-19 da UEFA de 2017, em Belfast, a história parecia que iria repetir-se.

Derrotada em três finais seguidas entre 2014 e 2016, a última das quais diante da França num dia chuvoso na Eslováquia, a Espanha teve, desta vez, um final feliz e conquistou o segundo título nesta competição graças a um final emotivo.

A anfitriã Irlanda do Norte estreou-se em fases finais de competições femininas e perdeu com a Espanha, por 2-0, no encontro de abertura, perante mais de 4000 espectadores em Windsor Park. A Alemanha, com vontade de terminar com um jejum de títulos que durava há seis anos, venceu a Escócia por 3-0 e depois bateu a Espanha por 2-0 qualificando-se para a fase seguinte no Grupo A com um jogo por disputar.

Isso aconteceu porque Irlanda do Norte e Escócia empataram 1-1, mas as anfitriãs tiveram um dia difícil na última jornada e foram goleadas por 6-0 pelas alemãs. A Escócia precisava vencer a Espanha para passar às meias-finais, mas perdeu por 1-0.

Dois dias antes do início da prova, a Holanda venceu em casa o UEFA Women's EURO 2017 e as Sub-19 deram sequência aos bons resultados das seniores e bateram a França e a Inglaterra por 2-0, garantindo o primeiro lugar do Grupo B à entrada para a terceira jornada. França e Inglaterra bateram a Itália e adiaram a decisão do segundo lugar para a última ronda. A França tinha vantagem no saldo de golos e só precisava de um empate, mas venceu por 1-0 e fez companhia às holandesas após o empate 3-3 destas, ao cair do pano, com a já eliminada Itália.

A Inglaterra teve como prémio de consolação o triunfo por 2-0 sobre a Escócia que lhe permitiu garantir uma vaga junto às quatro equipas presentes nas meias-finais no Campeonato do Mundo Femiinino de Sub-20 da FIFA de 2018, em França. As francesas prolongaram o jejum de títulos da Alemanha ao conseguirem uma reviravolta na meia-final que terminou com um triunfo por 2-1.

Mas a primeira meia-final foi ainda mais emotiva, com a Espanha a vencer por 3-2 e a afastar a Holanda pelo segundo ano consecutivo nesta fase. Uma vez mais, ficava marcado novo encontro a França na final.

Mathilde Bourdieu colocou a França em vantagem logo aos quatro minutos, mas Patricia Guijarro rapidamente empatou. No entanto, quando Emelyne Laurent fez o 2-1 para a França, aos 71 minutos, as espanholas pareciam condenadas a mais uma derrota na final.

A reviravolta começou aos 85 minutos, quando Damaris Egurrola correspondeu de cabeça a um livre de Carmen Menayo e, pouco depois, a França viu Pauline Dechilly ser expulsa com o segundo cartão amarelo. O prolongamento parecia inevitável até que, em cima do minuto 90, a Espanha voltou a mostrar que tinha ensaiado bem as jogadas de bola parada. Menayo marcou a falta e Guijarro estabeleceu o resultado final com o seu quinto golo na Irlanda do Norte e acabou como melhor marcadora da prova.

"Estamos muito felizes por termos alcançado a final e por termos conquistado o título, pois já tínhamos estado muito perto. Foi especial termos conquistado este título frente à França, que nos tinha derrotado no ano passado”, afirmou Guijarro.

Topo