França apurada após terceira vitória seguida

A campeã mundial França bateu a Suécia por 1-0 no último dia do Grupo 4 da Ronda de Elite e vai viajar até Inglaterra para disputar a fase final, ao contrário da Polónia, detentora do troféu.

A França festeja o golo na segunda jornada com a Irlanda do Norte
©Press Eye (Belfast)

A campeã mundial França qualificou-se para a fase final do Campeonato da Europa Feminino de Sub-17 em Inglaterra, competição em que a Polónia não defenderá o seu troféu, já que foi afastada no Grupo 4 da Ronda de Elite.

Antes do jogo decisivo com a Suécia, em Dungannon, a França – cuja equipa incluiu Delphine Cascarino, uma das jogadoras que alcançaram o título no Campeonato do Mundo de Sub-17 de 2012 – detinha uma vantagem de dois pontos sobre a equipa adversária, já com a Polónia e as anfitriãs da Irlanda do Norte fora da corrida.

Graças à vitória por 1-0, obtida com um golo da suplente utilizada Perle Morroni, aos 73 minutos, a formação comandada por Guy Ferrier irá ocupar por direito próprio um lugar no sorteio da próxima quinta-feira, na Câmara Municipal de Burton, o qual inclui para já as selecções de Inglaterra, Espanha, Escócia, Áustria e Alemanha.

A Polónia obteve o seu primeiro título feminino em Junho, ao vencer a Suécia, em Nyon, mas começou a perder as esperanças de defender o troféu em Inglaterra quando, no jogo de abertura, perdeu por 3-0 com a França, golos de Marine Julian, Anissa Lahmari e da suplente utilizada Manon Uffren. A Suécia, por sua vez, bateu a Irlanda do Norte por 2-0 graças ao bis de Rebecka Blomqvist aos 28 e 56 minutos.

Dois dias mais tarde, a Suécia tinha uma vantagem de dois golos aos 22 minutos de jogo com a Polónia, graças à eficácia de Blomqvist e Julia Zigiotti Olme. Depois, Aleksandra Lizoń saltou do banco para diminuir a distância entre as duas equipas, e Dominika Grabowska empatou o jogo nos descontos, mas ainda assim significou o fim da era da Polónia. A França bateu a Irlanda do Norte por 2-0 e chegou ao topo da classificação, com ambos os tentos de Mathilde Jouanno.

Agora que conseguiu o apuramento ao cabo da terceira jornada, a França ambiciona terminar a fase final de Inglaterra entre as três primeiras, de modo a garantir que poderá defender o título mundial na Costa Rica, em Março. A Polónia acabou por fechar a respectiva campanha com mais três pontos, ao bater a Irlanda do Norte, por 1-0, com um golo de Lizoń na segunda parte.

Topo