Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Dupla alemã no topo das goleadoras

A Alemanha pode não ter atingido a glória em Nyon, mas Annabel Jäger e Lina Magull conseguiram sagrar-se as melhores marcadoras da prova.

Lina Magull marcou quatro golos em Nyon, tal como a companheira de equipa Annabel Jäger
Lina Magull marcou quatro golos em Nyon, tal como a companheira de equipa Annabel Jäger ©Sportsfile

Apesar de continuarem angustiadas pela eliminação da sua equipa nas meias-finais, o duo da Alemanha composto por Annabel Jäger e Lina Magull pode consolar-se por ter partilhado o prémio de melhores marcadoras da fase final do Campeonato da Europa Feminino de Sub-17.

Ambas começaram por marcar no empate das alemãs (2-2) ante a França e contribuíram sobremaneira para levar o jogo até às grandes penalidades. Todavia, Jäger falhou a sua tentativa de conversão e ajudou a sua selecção, duas vezes vencedora da prova, a abandonar o evento mais cedo. Ainda assim, Jäger e Magull recuperaram bem desse desaire e conseguiram ambas um "hat-trick" na goleada da Alemanha sobre a Islândia (8-2) no encontro de atribuição do terceiro e quarto lugares.

Esse desafio também contou com o único tento da fase final da melhor marcadora da presente temporada, Aldís Kara Lúdvíksdóttir, que aumentou o seu pecúlio para 12 remates certeiros – mais dois que as suas rivais mais próximas, embora a Alemanha não tenha competido na primeira fase de apuramento.

A campeã Espanha conquistou o título pela segunda vez consecutiva, mas apenas uma das suas jogadoras conseguiu mais do que um golo em Nyon. Alexia Putellas bisou frente à Islândia e apurou a equipa dirigida por Jorge Vilda para a final contra a França, pela qual Claire Lavogez foi a única a apontar um golo, juntando-o aos nove obtidos na fase de apuramento. Lavogez e Lúdvíksdóttir estiveram entre as oito jogadoras que marcaram no Stade Colovray.

O UEFA.com traz-lhe todos os factos e números da fase final desta época

Melhores marcadoras da fase final
Annabel Jäger (Alemanha 2011) 4
  Lina Magull (Alemanha 2011) 4
  Alexia Putellas (Espanha) 2

Melhores marcadoras da época
Aldís Kara Lúdvíksdóttir (Islândia) 12
Hannah Keryakoplis
(País de Gales) 10
Claire Lavogez
(França) 10
Gudmunda Brynja Oladóttir
(Islândia) 9

Melhores marcadoras das fases finais anteriores
2010: Sete jogadoras com um golo
2009: Krya Malinowski (Alemanha) 8
2008: Dzenifer Marozsan (Alemanha) 2

Melhores marcadoras das épocas anteriores
2009/10: Elin Rubensson (Suécia) 9
2008/09: Kyra Malinowski (Alemanha), Anaïs Ribeyra (França) 12
2007/08: Alexandra Popp (Alemanha) 11

Melhores marcadoras de sempre nas fases finais
Kyra Malinowski (Alemanha 2009) 8
Annabel Jäger (Alemanha 2011) 4
Lina Magull (Alemanha 2011) 4
Anaïs Ribeyra (França 2009) 3

Melhores marcadoras de sempre no conjunto da época
Kyra Malinowski (Alemanha) 15
Elin Rubensson (Suécia) 15
Oksana Yakovyshyn (Ucrânia) 14

Topo