Alemanha arrasa Islândia e é terceira

Islândia 2-8 Alemanha
Lina Magull e Annabel Jäger marcaram um "hat-trick" cada na goleada da Alemanha, que valeu o terceiro lugar.

Lina Magull completa o seu "hat-trick" na marcação de um penalty
Lina Magull completa o seu "hat-trick" na marcação de um penalty ©Sportsfile

A Alemanha conquistou o terceiro lugar do Campeonato da Europa Feminino Sub-17, com uma goleada sobre a Islândia.

"Hat-tricks" de Lina Magull e Annabel Jäger, mais um golo de Sara Däbritz e um livre de Melanie Leopolz, garantiram à Alemanha a manutenção do seu registo impressionante a este nível, onde ganhou 26 dos 29 jogos e perdeu apenas dois. Os golos islandeses, da autoria de Telma Thrastadróttir e da suplente Aldís Kara Lúdvíksdóttir, proporcionaram à Islândia algum consolo numa tarde difícil para a estreante na fase final.

Depois de ter sofrido a desilusão da derrota no desempate por grandes penalidades frente à França, na meia-final de terça-feira, a Alemanha entrou nesta partida a todo o gás e deu mostras das suas intenções logo aos sete minutos, quando Däbritz tentou a sua sorte com um livre a 20 metros da baliza, mas Unnbjorg Jona Omarsdottir estirou-se para deter o remate.

No entanto, cinco minutos depois, Däbritz inaugurou o marcador, depois de o passe de Magull a ter isolado na esquerda. Detectando uma brecha, a número dez alemã picou habilmente a bola por cima da guarda-redes islandesa com um cruzamento-remate. A selecção bicampeã do torneio continuou a pressionar e Magull aumentou a vantagem aos 15 minutos, com o seu remate rasteiro à entrada da área a enganar Omarsdottir.

Apesar do cabeceamento à barra de Glódís Perla Viggosdóttir, após canto de Sandra Maria Jessen, o jogo era de sentido único, e o resultado podia ter-se avolumado não fosse uma série de boas defesas de Omarsdottir. No entanto, a equipa de Ralf Peter inevitavelmente acabou por fazer o terceiro, aos 26 minutos, quando Jäger concluiu um passe da direita, antes de bisar na partida à beira do intervalo, com um remate em arco que bateu Omarsdottir.

Magull aumentou o sofrimento islandês segundos depois, quando foi a primeira a reagir depois de a número um islandesa não ter segurado o remate de Däbritz na sequência de um livre estudado. Depois do intervalo, a Alemanha mostrou-se impiedosa, e quando Svava Ólafsdóttir fez falta sobre a irrequieta Linda Dallmann, Magull aprestou-se para completar o seu "hat-trick" na marcação do penalty.

Isolada pela direita, Thrastadróttir reduziu a diferença com tranquilidade ao bater Meike Kämper, entrada ao intervalo, na tentativa de resposta da Islândia. Ainda assim a Alemanha partiu em busca de mais golos, com Jäger a fazer o seu terceiro aos 67 minutos, através de boa finalização de pé esquerdo, rapidamente seguida de um livre exímio de Leopolz, no minuto seguinte. Apesar desses duros golpes, coube a Lúdvíksdóttir ter a última palavra a dizer, desviando para a baliza um remate vindo da direita e restaurando algum orgulho à sua equipa na despedida da competição.

Topo