O "site" oficial do futebol europeu

Portugal e Roménia prontos para o " play-off" do EURO Feminino

Publicado: quinta-feira, 20 de Outubro de 2016, 15.12CET
A última vaga no EURO Feminino decide-se nos próximos dias quando os potenciais estreantes Portugal e Roménia se defrontarem no "play-off": veja o nosso guia completo.
por Pedro Marques, Paul-Daniel Zaharia e Paul Saffer
Portugal e Roménia prontos para o " play-off" do EURO Feminino
Portugal recebe a primeira mão ©FPF

Estatísticas da prova

PortugalRoménia

Golos marcados16
 
18
Total de tentativas146
 
109
Remates à baliza55
 
45
Remates para fora55
 
56
Remates defendidos0
 
0
nos postes5
 
3
Cantos65
 
64
Foras-de-jogo20
 
17
Cartões amarelos9
 
20
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas111
 
151
Faltas sofridas122
 
88

Dossiers de Imprensa

  • Dossier de Imprensa (português)
Publicado: quinta-feira, 20 de Outubro de 2016, 15.12CET

Portugal e Roménia prontos para o " play-off" do EURO Feminino

A última vaga no EURO Feminino decide-se nos próximos dias quando os potenciais estreantes Portugal e Roménia se defrontarem no "play-off": veja o nosso guia completo.

A última vaga para o UEFA Women's EURO 2017 será decidida quando os potenciais estreantes Portugal e Roménia se defrontarem no "play-off", na sexta e terça-feira.

Portugal recebe a primeira mão no Estádio do Restelo, em Lisboa, palco da final em 2014 da UEFA Women's Champions League, enquanto a segunda mão será disputada no Stadionul Dr. Constantin Rădulescu, em Cluj-Napoca. O UEFA.com mostra-lhe tudo o que precisa de saber sobre o apuramento.

Declarações:
Francisco Neto, seleccionador de Portugal

A equipa está confiante. É um privilégio aqui estar e agora vamos viver o momento com responsabilidade. Vamos continuar com esta ambição de querer chegar onde ainda não se chegou.

A Roménia é uma equipa muito agressiva, com jogadoras tecnicamente evoluídas, algumas delas que jogam fora do país, e as que estão no país são oriundas, em grande parte, do mesmo clube, o [Olimpia] Cluj, cujo treinador é também o seleccionador, o que é uma vantagem grande para elas.

Está a disputar pela primeira vez um “play-off”, mas acho que é uma eliminatória 50-50. Vão ser dois jogos muito equilibrados, muito bem disputados e decididos provavelmente nos pormenores. A equipa que conseguir estar mais concentrada e ao mais alto nível durante o máximo tempo possível será a que irá sair vencedora deste “play-off”.

Estes vão ser provavelmente os jogos mais importantes da história do futebol feminino português, pelo que contamos com o apoio do nosso público para fazermos um grande jogo que nos possa permitir ir à Roménia já com alguma vantagem.

©Sportsfile

Mirel Albon, seleccionador da Roménia
Queremos voltar a fazer história. Temos à nossa frente o período mais importante de sempre para a selecção de futebol feminino da Roménia.

Espero que os anos de muito trabalho sejam recompensados e o ambiente em torno da equipa é bom, melhor ainda do que antes dos nosso dois jogos da fase de grupos contra a Ucrânia e a Grécia.

Portugal tem uma equipa muito boa, e evoluiu muito no último ano. Têm a vantagem de disputar todos os anos a Algarve Cup, que é um mini Campeonato do Mundo, e isso significa experiência. Acresce a isto que Portugal está jogar o seu terceiro “play-off”; e nós é a primeira. Portugal perdeu os “play-off” anteriores e espero que mantenha essa tradição.

Guia das equipas:
Portugal
Neto, que no domingo renovou contrato até ao final da qualificação para o Campeonato do Mundo Feminino da FiFA de 2019, voltou a convocar a atacante do Leverkusen, Ana Leite, após dois anos de ausência. Também na equipa está Andreia Norton, de 20 anos, única jogadora sem internacionalizações e que ingressou este Verão no Braga depois de uma época no Barcelona.

Fundamental para a equipa é a capitã Cláudia Neto (também conhecida por "CN7"), autora de um “hat-trick” na decisiva vitória sobre a Finlândia, no mês passado. Edite Fernandes, de 37 anos, atleta mais internacional ainda no activo, com 132 jogos, não foi convocada.

Roménia
A avançada Cosmina Dușa ficou de fora devido a lesão sofrida na importante vitória sobre a Ucrânia, no mês passado, mas ainda assim Albon tem a equipa completa, incluindo as 14 jogadores da sua equipa do Olimpia.

Existe também experiência nas jogadoras que alinham no estrangeiro: Florentina Olar (Fortuna Hjørring), Maria Ficzay (Medyk Konin), Olivia Oprea (Levante), Raluca Sârghe (Konak Beledyespor) e Laura Rus (Icheon Daekyo). A guarda-redes Andreea Părăluță estreou-se recentemente pelo Atlético.

©FPF

Como se apuraram:
Portugal

Segundo classificado no Grupo 2
Principal resultado: Portugal 3-2 Finlândia (16 de Setembro)

Roménia
Segundo classificado no Grupo 3
Principal resultado: Roménia 2-1 Ucrânia (15 de Setembro)

O que precisa saber:

  • Ambas as selecções superaram as expectativas para atingir o “play-off”; foram os dois únicos países sem ser os dois cabeças-de-série a terminarem nos dois primeiros lugares nos seus grupos (a Roménia figurava no Pote 3, no 22º lugar; Portugal estava no Porte 4, na posição 26).
  • Portugal disputou anteriormente o “play-off” de acesso às fases finais de 2001 (perdeu por 3-0 em Itália antes de ganhar a segunda mão por 1-0) e de 1997 (perdeu 12-1 com a Dinamarca na soma das suas partidas).
  • A Roménia disputa pela primeira vez um “play-off” de aceso a uma fase final feminina.
  • As duas nações já se defrontaram por duas vezes, ambas na Algarve Cup, no Parchal: empataram 0-0 em 2010 e 1-1 no ano seguinte. Edite Fernandes abriu o marcador aos 41 minutos, respondendo Ştefania Vătafu a cinco minutos do fim.
  • Já qualificadas: Holanda (anfitriã), Alemanha (campeã), Áustria, Bélgica, Dinamarca, Inglaterra, França, Islândia, Itália, Noruega, Rússia, Escócia, Espanha, Suécia e Suíça. O sorteio realiza-se a 8 de Novembro em Roterdão.

Última actualização: 14-03-17 12.34CET

https://pt.uefa.com/womenseuro/season=2017/matches/round=2000629/match=2020706/prematch/preview/index.html#play+off+precisa+saber