Meias-finais - 24-07-2013 - 20:30CET (20:30 Hora local) - Gamla Ullevi - Gotemburgo
0-1
 

Suécia - Alemanha 0-1 - 24-07-2013 - Página do jogo - Europeu Feminino 2013

 
O "site" oficial do futebol europeu

"Favorita" Suécia atenta à Alemanha

Publicado: Terça-feira, 23 de Julho de 2013, 22.40CET
"É um privilégio jogar sob pressão e gostamos de a encarar", disse a treinadora da Suécia, Pia Sundhage, cuja homóloga, Silvia Neid, classificou as anfitriãs como favoritas.
por Sam Crompton
de Gotemburgo
"Favorita" Suécia atenta à Alemanha
Pia Sundhage orienta o treino de terça-feira ©Sportsfile

Estatísticas da prova

SuéciaAlemanha

Golos marcados13
 
6
Total de tentativas77
 
118
Remates à baliza37
 
39
Remates para fora29
 
53
Remates defendidos0
 
0
nos postes1
 
5
Cantos52
 
42
Foras-de-jogo20
 
14
Cartões amarelos2
 
6
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas43
 
70
Faltas sofridas41
 
70

Dossiers de Imprensa

  • Dossier de Imprensa (português)
Publicado: Terça-feira, 23 de Julho de 2013, 22.40CET

"Favorita" Suécia atenta à Alemanha

"É um privilégio jogar sob pressão e gostamos de a encarar", disse a treinadora da Suécia, Pia Sundhage, cuja homóloga, Silvia Neid, classificou as anfitriãs como favoritas.

A Suécia vai abraçar a pressão quando enfrentar a Alemanha, na luta por um lugar na final da UEFA Women's EURO 2013, na próxima quarta-feira, num Gamla Ullevi lotado, em Gotemburgo

As anfitriãs protagonizaram uma exibição vistosa para bater a Islândia por 4-0, garantindo um apuramento tranquilo para as meias-finais. Agora terão que basear-se na inteligência para eliminar a campeã, segundo a astuta treinadora Pia Sundhage, que está ciente da ameaça que a Alemanha representa.

A sua homóloga, Silvia Neid, foi rápida em acalmar as expectativas, classificando a Suécia como clara favorita pré-jogo. A técnica de 49 anos apelou às suas jogadoras para trabalharem em conjunto por forma a contrariarem a capacidade ofensiva da Suécia, mantendo viva a candidatura ao sexto título consecutivo.

Pia Sundhage, treinadora da Suécia
Amanhã vamos assistir a um grande jogo entre duas grandes equipas. Está bastante em jogo por se tratar de uma meia-final, mas é um privilégio jogar sob pressão, e nós gostamos de abraçar essa pressão. A forma como utilizámos a nossa velocidade nos flancos e na frente de ataque tem sido agradável, mas ao mesmo tempo é extremamente importante encontrar o nosso ritmo. No entanto, jogar a um ritmo elevado e colocar a bola na frente rapidamente não será suficiente para bater a Alemanha. Precisamos de ser mais espertas do que isso.

De cada vez que defrontamos a Alemanha, temos pela frente o mesmo estilo de jogo. Combinam bem e são rápidas com a bola no pé, por isso é importante combater essa forma de jogar. Como é óbvio, fizemos a nossa pesquisa e os observadores efectuaram um excelente trabalho, por isso sentimos que estamos preparadas para o jogo de amanhã.

Resultados na fase de grupos
Suécia 1-1 Dinamarca (Knudsen 26, Fischer 35)
Finlândia 0-5 Suécia (Fischer 15 36, Asllani 38, Schelin 60 87)
Suécia 3-1 Itália (Manieri 47 og, Schelin 49, Öqvist 57, Gabbiadini 78)

Resultado nos quartos-de-final
Suécia 4-0 Islândia (M Hammarström 3, Öqvist 14, Schelin 19 59)

Notícias da equipa
Sundhage anunciou que todas as 23 jogadoras estão aptas e prontas para serem opção.

Silvia Neid, treinadora da Alemanha
Estou muito orgulhosa pelo facto de estarmos aqui e vamos dar o nosso melhor para seguirmos em frente. Não existem motivos para a Suécia nos temer. Porque haveria nos temer, já que possui muita experiência?

Hoje preparámos mentalmente as jogadoras para o desafio de amanhã. É importante que tenham descansado.

É óbvio que o favoritismo pertence à Suécia. É a equipa da casa e conta com o apoio do público. Trata-se de uma equipa com jogadoras de classe mundial em todas as posições. Mas isso interessa pouco – após o apito final ninguém vai falar sobre quem era favorito. O adversário é extremamente forte no ataque, por isso vamos trabalhar como conjunto para frustrar as suas intenções, jogando da mesma forma que fizemos contra Itália e Islândia.

Resultados na fase de grupos
Alemanha 0-0 Holanda
Islândia 0-3 Alemanha
(Lotzen 24, Okoyino Da Mbabi 55, 84)
Alemanha 0-1 Noruega (Isaksen 45+1)

Resultado nos quartos-de-final
Itália 0-1 Alemanha (Laudehr 26)

Notícias da equipa
Okoyino Da Mbabi sofreu um estiramento na coxa durante o triunfo sobre a Itália. Neid disse: "A Célia está bem. Ainda não sabemos se vai jogar amanhã, mas esta noite fará algumas corridas e veremos como reage.

Sabia que?
Antonia Göransson representa o 1. FFC Potsdam, juntamente com Jennifer Cramer, e entre as suas antigas colegas conta-se Mittag, agora companheira de equipa de Therese Sjögran e Lina Nilsson no FC Malmö.

Última actualização: 24-07-13 15.35CET

http://pt.uefa.com/womenseuro/season=2013/matches/round=2000177/match=2011600/prematch/preview/index.html#suecia+pronta+para+pressao