O "site" oficial do futebol europeu

Empate tardio complica contas dinamaquesas

Publicado: Terça-feira, 16 de Julho de 2013, 22.15CET
Dinamarca 1-1 Finlândia
Um golo de Annica Sjölund perto do fim ditou um empate que deixa as dinamarquesas em grandes dificuldades.

rate galleryrate photo
1/0
counter
  • loading...

Estatísticas dos jogos

DinamarcaFinlândia

Golos marcados1
 
1
Total de tentativas23
 
4
Remates à baliza6
 
2
Remates para fora14
 
2
Remates defendidos0
 
0
nos postes0
 
0
Cantos9
 
3
Foras-de-jogo3
 
2
Cartões amarelos1
 
1
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas8
 
6
Faltas sofridas6
 
6

Classificação

Última actualização: 12/02/2015 15:24 CET

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
Publicado: Terça-feira, 16 de Julho de 2013, 22.15CET

Empate tardio complica contas dinamaquesas

Dinamarca 1-1 Finlândia
Um golo de Annica Sjölund perto do fim ditou um empate que deixa as dinamarquesas em grandes dificuldades.

A Dinamarca não foi além de um empate a um golo com a Finlândia em Gotemburgo, resultado que a deixa à espera de uma complexa conjugação de resultados no desfecho dos restantes grupos para poder ainda seguir para os quartos-de-final, como uma das duas melhores terceiras classificadas.

As duas selecções entraram para esta última jornada com apenas um ponto somado, a necessitarem de um triunfo para se colocarem em boa posição na luta por um lugar nos quartos-de-final, e a Dinamarca começou melhor. Logo aos cinco minutos, um centro-remate de Nadia Nadim fez a bola embater na trave da baliza adversária. A pressão das dinamarquesas acentuou-se ainda mais com o passar dos minutos, valendo à Finlândia a excelente actuação da sua guarda-redes, a sempre atenta Minna Meriluoto.

Adivinhava-se, pois, o golo da Dinamarca, que acabou mesmo por surgir aos 29 minutos. No seguimento de uma jogada de insistência, Mia Brogaard rematou à entrada da área, com a bola a sofrer ainda um desvio numa adversária antes de entrar para o fundo das redes. Em vantagem no marcador, as dinamarquesas não baixaram o ritmo e continuaram a ameaçar a baliza da Finlândia. Nadim e Pernille Harder ficaram perto do golo, mas o resultado não voltou a sofrer alterações até ao intervalo.

O segundo tempo começou na mesma toada, com a Dinamarca a mandar no jogo em busca de mais golos e de um resultado mais dilatado, que lhe desse melhores garantias na luta directa com as terceiras classificadas dos Grupos B e C. Harder, por duas vezes, Brogaard, em novo remate de longe, e a recém-entrada Johanna Rasmussen, num perigoso remate cruzado, ficaram muito perto de marcar.

A bola, porém, teimava em não entrar e, aos poucos, a Finlândia foi subindo no terreno, começando a ameaçar a baliza à guarda de Stina Petersen. E o golo do empate acabou mesmo por surgir, aos 87 minutos, na sequência de um pontapé de canto. Annica Sjölund antecipou-se à defesa da Dinamarca e cabeceou para a igualdade. Já nos descontos, a Finlândia podia mesmo ter dado a volta ao marcador e chegado ao triunfo, mas Petersen defendeu de forma espectacular um remate de Kivelä e manteve viva a ténue esperança das dinamarquesas em marcar presença nos quartos-de-final.

Última actualização: 04-12-13 4.16CET

http://pt.uefa.com/womenseuro/season=2013/matches/round=2000175/match=2010725/postmatch/report/index.html#empate+complica+contas