O "site" oficial do futebol europeu

Angerer nega determinação holandesa

Publicado: Quinta-feira, 11 de Julho de 2013, 23.15CET
Alemanha 0-0 Holanda
A equipa de Roger Reijners teve um desempenho magnífico, obrigando a campeã Alemanha a um empate sem golos na estreia do Grupo B.
por Ian Holyman
de Växjö Arena
Angerer nega determinação holandesa
Kirsten van de Ven (direita) ajuda a Holanda a fazer a vida difícil à Alemanha ©AFP/Getty Images

Estatísticas dos jogos

AlemanhaHolanda

Golos marcados0
 
0
Total de tentativas16
 
9
Remates à baliza3
 
3
Remates para fora6
 
4
Remates defendidos0
 
0
nos postes0
 
0
Cantos3
 
2
Foras-de-jogo2
 
0
Cartões amarelos3
 
1
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas20
 
11
Faltas sofridas10
 
19

Classificação

Publicado: Quinta-feira, 11 de Julho de 2013, 23.15CET

Angerer nega determinação holandesa

Alemanha 0-0 Holanda
A equipa de Roger Reijners teve um desempenho magnífico, obrigando a campeã Alemanha a um empate sem golos na estreia do Grupo B.

A campeã Alemanha mostrou sinais de um nervosismo de estreia ao não ir além de um surpreendente empate sem golos contra uma Holanda determinada que poderia até mesmo ter iniciado o Grupo B com uma vitória.

O seleccionador holandês, Roger Reijners, havia prometido que as semifinalistas de 2009 iriam fazer frente às campeãs e, embora jogando com precaução, fizeram o suficiente para criar as melhores oportunidades de golo. O empate encerrou uma série de 19 vitórias consecutivas da Alemanha em fases finais do UEFA Women´s EURO, mas não fosse a veterana guarda-redes e capitã Nadine Angerer, a Holanda poderia até ter terminado a sequência alemã de 57 jogos sem perder no torneio, jogos de qualificação incluídos.

Neid venceu todos os quatro encontros anteriores com as holandesas como seleccionadora da Alemanha e devia esperar que mais uma noite agradável estava por vir, confiando que a sua máquina goleadora que atingiu 64 vezes a baliza contrária na fase de qualificação estaria novamente em marcha. No entanto, apesar de bem posicionadas, tanto Célia Okoyino Da Mbabi como Leonie Maier não foram eficientes para testar Loes Geurts na baliza da Holanda.

A guarda-redes do Vittsjö GIK poderia, no entanto, ter sido batida quando uma parede de camisas laranja não fechou rapidamente para bloquear o remate de Nadine Kessler, enquanto Dzsenifer Marozsan rematou para fora, com apenas Geurts pela frente.

Porém, foi Angerer quem teve de esforçar-se para manter o empate para a Alemanha antes do intervalo. A veterana guarda-redes foi inteligente ao deter o remate de fora da área de Lieke Martens, naquele que foi o ponto alto de uma excelente primeira parte da promissora extremo do FCR 2001 Duisburg. Angerer esteve novamente em evidência num voo para afastar uma cabeçada da igualmente impressionante Kirsten van de Ven.

Ao intervalo, Neid introduziu Simone Laudehr no jogo, mas pouco fez para desestabilizar a impecável organização defensiva holandesa, em que a capitã Daphne Koster se destacou, permitindo à equipa de Reijners subir com confiança no campo.

Quando Angerer se viu obrigada a sair da baliza para afastar o perigo, uma maior dose de paciência poderia ter permitido a Slegers Renée atirar para a baliza deserta e não aquele pontapé que falhou o destino. Manon Melis, numa finalização em jeito, tentou o a golo, mas Angerer afastou o perigo com o pé, negando à atacante do FC Malmö uma vitória surpreendente.

Última actualização: 13-07-13 0.02CET

http://pt.uefa.com/womenseuro/season=2013/matches/round=2000175/match=2010714/postmatch/report/index.html#valentes+holandesas+travam+campeas