Meta à vista

A Suécia juntou-se à anfitriã Finlândia e à Alemanha na fase final de 2009, mas os outros grupos, incluindo o de Portugal, ainda estão por decidir.

A Suécia já garantiu o apuramento
A Suécia já garantiu o apuramento ©Getty Images

Já são conhecidas duas selecções vencedoras dos grupos de apuramento para o UEFA WOMEN'S EURO 2009™, mas os quatro restantes agrupamentos só vão ser decididos em cima da meta. Nas partidas disputadas em Junho, a Suécia goleou fora a República da Irlanda, por 5-0, juntando-se dessa forma à anfitriã Finlândia e à detentora do troféu, a Alemanha, na fase final que terá lugar entre 23 de Agosto e 10 de Setembro do próximo ano. Apenas as primeiras classificadas de cada grupo garantem o apuramento directo, com as seis segundas posicionadas a disputarem um "play-off" em Outubro, recebendo a companhia das quatro terceiras classificadas com melhor registo ante as outras quatro formações mais bem pontuadas da sua "poule" . O uefa.com analisa a situação no Grupo 5, onde Portugal já não irá escapar do último posto.

Grupo 5

• O triunfo (1-0) da Ucrânia sobre a Dinamarca, equipa que também apresentava um registo perfeito antes desse jogo disputado a 22 de Junho, permitiu-lhe assumir a liderança, à frente da sua única concorrente pelo apuramento.

• Na pior das hipóteses, a Ucrânia precisará de um empate na Dinamarca, a 1 de Outubro, para selar a qualificação pela primeira vez. Se a Ucrânia bater Portugal a 27 de Setembro por uma margem inferior a cinco golos, então uma derrota por um golo de diferença na Dinamarca também assegurará a festa, excepção feita ao resultado de 1-0. Caso as ucranianas levem de vencida Portugal por cinco ou mais golos de vantagem, poderão perder frente às dinamarquesas por 1-0.

• A Escócia detém um ponto de vantagem sobre a Eslováquia na corrida pelo terceiro lugar, sendo que as duas equipas medem forças em Perth, a 28 de Setembro. As escocesas bateram a Eslováquia no seu encontro anterior (com ambas a perderem os dois encontros disputados ante a Ucrânia e a Dinamarca), pelo que uma vitória dará às comandadas de Anna Signeul uma grande hipótese de terminarem como uma das quatro melhores terceiras classificadas. Um empate poderá não ser suficiente, tudo dependendo dos resultados verificados no Grupo 4. Um triunfo não daria à Eslováquia mais que uma escassa possibilidade de atingir o "play-off".

EQUIPAS NA FASE FINAL (7 apuradas directamente+5 dos "play-offs"): Finlândia (anfitriã); Suécia (Grupo 2); Alemanha (Grupo 4).

EQUIPAS NA LUTA PELO PRIMEIRO LUGAR/"PLAY-OFF" GARANTIDO: Inglaterra, Espanha, República Checa (Grupo 1); Islândia, França (Grupo 3); Ucrânia, Dinamarca (Grupo 5); Noruega, Rússia (Grupo 6).

EQUIPAS NOS "PLAY-OFFS": Itália (Grupo 2).

EQUIPAS NA LUTA PELOS "PLAY-OFFS" (4 vagas em aberto): República da Irlanda (Grupo 2); Eslovénia, Grécia (Grupo 3); Bélgica, Suíça, Holanda (Grupo 4); Escócia, Eslováquia (Grupo 5); Áustria, Polónia (Grupo 6).

Topo