Apuramento em discussão

O Europeu feminino, na Finlândia, está ainda a dois anos de distância, mas uefa.com faz o ponto de situação após os primeiros embates.

A fase final do Campeonato da Europa Feminino de 2009, na Finlândia, agora com 12 equipas, está ainda a dois anos de distância, mas a qualificação já está a decorrer. Com a paragem dos jogos até que Alemanha, Dinamarca, Inglaterra, Noruega e Suécia completem a participação no Mundial feminino, o uefa.com faz uma passagem pelos seis grupos - Portugal está em dificuldades no Grupo 5. Apenas o primeiro classificado é apurado automaticamente, ao passo que os segundos e os quatro melhores terceiros com o melhor registo frente aos quatro primeiros dos respectivos agrupamentos disputam um "play-off", no Outono, para decidir quem acede à prova finlandesa.

Grupo 1
Três equipas ainda têm um registo sem derrotas, com a República Checa em primeiro, após ter vencido a Irlanda do Norte e a Bielorrússia. A Inglaterra venceu as norte-irlandesas, apuradas através da fase preliminar, e volta a jogar a 27 de Outubro, em casa, diante das bielorrussas. A Espanha, que venceu no seu terreno a antiga república soviética, por 3-0, visita a República Checa no mesmo dia. A Bielorrússia também soma três pontos, após ter vencido a Irlanda do Norte (5-0).

Grupo 2
A Suécia é a principal favorita neste grupo e os triunfos nas visitas a Itália e à Roménia e na recepção à Hungria, tendo os dois últimos sido goleados pela mesma margem, 7-0, deixaram as nórdicas no comando. A República da Irlanda venceu na Roménia, por 2-0, na passada semana, e ficou a três pontos das suecas, apesar de ter perdido com as italianas, que estão a três pontos das britânicas e têm um jogo a menos. A Hungria e a Roménia, vencedora da fase preliminar, têm um ponto e vão receber a Itália e visitar a Irlanda, respectivamente, a 27 de Outubro. A Suécia volta a jogar em Maio, quando defrontar as transalpinas.

Grupo 3
A Islândia parecia estar a passar pela qualificação sem grandes dificuldades, após as vitórias de Junho diante da favorita França e Sérvia, mas foi surpreendida pela Eslovénia, no domingo, perdendo por 2-1. Ainda com três pontos de vantagem, as islandesas só voltam ao activo em Maio, ao passo que a França, com menos três pontos e um jogo em atraso, visita a Sérvia e a Eslovénia, em Outubro. A Grécia venceu a Sérvia no sábado, por 2-1, ficando agora com os mesmos pontos do adversário, três, em outros tantos jogos.

Grupo 4
A Alemanha, campeã em título e na luta pelo quinto sucesso consecutivo, parte para a defesa do ceptro no Campeonato do Mundo com a liderança do seu grupo de qualificação do Europeu. A vitória sobre a Suíça, por 7-0, na passada semana, para além dos triunfos perante a Holanda e o País de Gales, coloca as holandesas e helvéticas com cinco pontos de atraso, sendo que belgas e britânicas ainda não pontuaram. A 28 de Outubro, o País de Gales recebe a Suíça, ao passo que as germânicas defrontam a Bélgica, viajando depois até à Holanda, onde um triunfo pode garantir praticamente a presença na fase final.

Grupo 5
A Dinamarca, outra das favoritas, só inicia o apuramento a 27 de Outubro, frente a Portugal e Ucrânia, que iniciou o mês de Março com duas vitórias, perante a Eslováquia, e um triunfo sobre a Escócia. As eslovacas, que participaram na fase preliminar, estão em segundo, depois de terem ganho a Portugal, que empatou a zero com a Escócia no outro jogo, o único ponto conquistado em dois desafios. As escocesas visitam a Eslováquia a 27 de Outubro, quatro dias antes de receberem a Dinamarca.

Grupo 6
A vitória da Rússia, por 5-1, na Áustria, permitiu às russas continuar o bom início da fase de qualificação, com nove pontos, mais dois do que a Polónia, com um jogo a menos. No entanto, a Noruega, finalista vencida de 2005, tem duas vitórias e ainda não sofreu golos, recebendo a Rússia a 27 de Outubro com o objectivo de terminar 2007 no primeiro lugar. A vitória de 5-0 da Áustria perante Israel, vinda da ronda preliminar, colocou-as em vantagem relativamente às adversárias, vencedoras ante a Polónia, em Maio.

Topo