O "site" oficial do futebol europeu

Eyjólfsson deixa selecção da Islândia

Publicado: Domingo, 18 de Agosto de 2013, 14.28CET
Siggi Eyjólfsson assumiu a "decisão muito difícil" de por fim a sete anos como seleccionador da Islândia na sequência da eliminação da equipa nos quartos-de-final do EURO Feminino.
Eyjólfsson deixa selecção da Islândia
Siggi Eyjólfsson conduziu a Islândia pela primeira vez aos quartos-de-final ©Sportsfile
 

Fotografias

  • Lieke Martens (Netherlands)
  • Vivianne Miedema (Netherlands)
  • Sherida Spitse (Netherlands)
  • Desiree van Lunteren (Netherlands)
Publicado: Domingo, 18 de Agosto de 2013, 14.28CET

Eyjólfsson deixa selecção da Islândia

Siggi Eyjólfsson assumiu a "decisão muito difícil" de por fim a sete anos como seleccionador da Islândia na sequência da eliminação da equipa nos quartos-de-final do EURO Feminino.

Siggi Eyjólfsson deixou de ser o seleccionador feminino da Islândia ao fim de sete anos no cargo.

Conteúdos relacionados

Eyjólfsson assumiu o posto em 2006 e fez história ao conseguir a dupla qualificação da equipa para fases finais do Campeonato da Europa Feminino, na primeira vez que uma selecção sénior islandesa logrou tal feito. Em 2009 perdeu os três jogos, mas no mês passado, na Suécia, empatou com a Noruega e venceu a Holanda rumo aos quartos-de-final. Acabou eliminada pela selecção anfitriã no 78º jogo do treinador, de 39 anos, à frente das islandesas.

“Os resultados superaram as expectativas e é excelente sair após este sucesso e quando fomos capazes de alcançar, este ano na Suécia, o nosso melhor resultado em fase finais, o que eleva a selecção para outro patamar”, disse Eyjólfsson, director do departamento de formação na Federação Islandesa de Futebol (KSI) desde 2002, cargo que irá manter.

“Este desenvolvimento foi bom, a equipa esteve em duas fases finais e subiu depressa no ranking, pelo que o futuro será brilhante. A federação deu-me tempo para decidir e, após reflexão cuidadosa, decidi parar por aqui. Fui seleccionador durante sete anos e foi uma decisão muito difícil, mas chegou a hora de sair.”

“Tive outras ofertas de equipas masculinas e também de equipas estrangeiras femininas. Vou agora analisar as minhas possibilidades, mas pende mais para o futebol masculino.”

O sucessor de Eyjólfsson inicia a qualificação para ao Campeonato do Mundo Feminino em casa frente à Suíça, no dia 26 de Setembro, num grupo onde estão também a Dinamarca, Sérvia, Israel e Malta.

Última actualização: 05-09-13 9.33CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/womenseuro/news/newsid=1982381.html#eyjolfsson+deixa+seleccao+islandia