O "site" oficial do futebol europeu

UEFA destaca "melhor EURO feminino de sempre"

Publicado: Sábado, 27 de Julho de 2013, 14.05CET
O secretário-geral da UEFA, Gianni Infantino, classificou o Europeu na Suécia como "o melhor EURO feminino que a UEFA já organizou", numa conferência de imprensa na véspera da final.
por Chris Burke
de Solna
UEFA destaca "melhor EURO feminino de sempre"
Karen Espelund, Karl-Erik Nilsson e Gianni Infantino falam à comunicação social ©Sportsfile
 

Fotografias

  • Germany celebrate
  • Alex Popp (Germany)
  • Champions badge (Netherlands)
  • Netherlands celebrate
Publicado: Sábado, 27 de Julho de 2013, 14.05CET

UEFA destaca "melhor EURO feminino de sempre"

O secretário-geral da UEFA, Gianni Infantino, classificou o Europeu na Suécia como "o melhor EURO feminino que a UEFA já organizou", numa conferência de imprensa na véspera da final.

O secretário-geral da UEFA, Gianni Infantino, falou entusiasticamente sobre o Campeonato da Europa na Suécia ser "o melhor EURO feminino que a UEFA já organizou", numa conferência de imprensa na véspera da final, que o director do torneio, Göran Havik, prevê ser um "momento histórico."

Em declarações à comunicação social na Friends Arena, em Solna, onde vai ter lugar a final de domingo, entre Alemanha e Noruega, os dois dirigentes apresentaram relatos elogiosos sobre o torneio, num evento que contou ainda com a presença de Karen Espelund, membro do Comité Executivo da UEFA e presidente do Comité de Futebol Feminino da UEFA, e Karl-Erik Nilsson, presidente da Federação de Futebol da Suécia (SvFF).

"O meu mais sincero obrigado a Karl-Erik, à federação sueca, ao Göran, por todo o excelente trabalho desenvolvido para transformar este EURO no melhor EURO feminino que a UEFA já organizou", disse o secretário-geral da UEFA. "Tem sido uma competição notável, e o melhor ainda está para vir."

Os quatro elementos destacaram o excepcional nível de interesse que o torneio provocou, com estádios cheios e audiências televisivas a estabelecerem novos marcos. "Registámos assistências-recorde, com mais de 200.000 pessoas a marcarem presença nos jogos", acrescentou. "Há quatro anos, foram 129.000, por isso assistimos a um aumento fantástico.

"Tivemos um interesse jornalístico muito elevado – aproximadamente 1000 jornalistas foram acreditados. Tivemos assistências televisivas recorde, com o total de audiências em directo, após as meias-finais, a cifrar-se em mais de 55 milhões de telespectadores, enquanto a final vai ter uma audiência televisiva em directo, a nível global, de mais de 10 milhões."

"Tivemos cerca de 8.000 espectadores por jogo", acrescentou Havik. "E é preciso não esquecer que 20 dos 25 jogos disputados não envolveram a selecção sueca. Para além disso, nas "fan zones" tivemos cerca de 243.000 visitantes até ao momento. Por isso, no total, estaremos perto de um milhão de pessoas que assistiram ao EURO feminino, algo que é incrível.

"Mas o que nos deixa mais felizes é a quantidade de espectadores que amanhã vão ver a final", prosseguiu. "No final, poderão dizer: 'Eu estive lá quando a Suécia acolheu a final de um Campeonato da Europa de futebol'. Vai demorar algum tempo até que isso volte a acontecer. Será um momento histórico."

Também para Espelund, o Europeu de 2013 na Suécia ficará na história como a melhor edição até ao momento. "Tem sido o melhor EURO de sempre, e posso dizer isso porque estive envolvida em todos desde 1987", disse, antes de sublinhar o sucesso das "fan zones".

"Também foi uma inovação num EURO Feminino. Na primeira vez que tivemos 'fan zones', elas estiveram repletas – com todo o tipo de pessoas, desde crianças até avôs e avós. E vi muitos rapazes, na casa dos 20 anos, realmente satisfeitos por acompanharem a selecção sueca mas também todo o torneio".

Dada a enorme adesão do público, o torneio parece destinado a deixar um legado duradouro. "Agora apercebemo-nos que esta selecção ocupou um lugar de destaque no coração dos espectadores de futebol suecos", disse Nilsson. "E tivemos boa resposta por parte da comunicação social – muitas notícias, cobertura televisiva, e isso é fantástico. Também tivemos muitos espectadores, e de certa forma, muitos novos espectadores. Isso confere inspiração aos clubes, provando-lhes que é possível atrair espectadores."

Também sente que a Suécia demonstrou capacidade para organizar grandes eventos desportivos. "Queremos mais", explicou. "Um dos nossos objectivos estratégicos é organizar torneios internacionais. Amanhã teremos a primeira reunião para dar informação aos representantes da sociedade sueca, e acredito, com esperança, que seremos um dos países cujas cidades se vão candidatar a fazer parte do EURO 2020. Por isso, UEFA, obrigado por nos ter dado esta oportunidade e pela confiança que depositou em nós."

Última actualização: 14-02-17 0.35CET

Informação relacionada

Federações membro

http://pt.uefa.com/womenseuro/news/newsid=1977037.html#uefa+destaca+melhor+euro+feminino+sempre