O "site" oficial do futebol europeu

Antevisão do Grupo A do EURO Feminino

Publicado: Segunda-feira, 8 de Julho de 2013, 16.26CET
O UEFA.com antevê o Grupo A, no qual a anfitriã Suécia defronta as vizinhas Dinamarca e Finlândia, além da Itália, duas vezes vice-campeã, em jogos em Gotemburgo e cujo início acontece esta quarta-feira.
Antevisão do Grupo A do EURO Feminino
Pia Sundhage (Sweden) ©Sportsfile
 

Fotografias

  • Lieke Martens (Netherlands)
  • Vivianne Miedema (Netherlands)
  • Sherida Spitse (Netherlands)
  • Desiree van Lunteren (Netherlands)
Publicado: Segunda-feira, 8 de Julho de 2013, 16.26CET

Antevisão do Grupo A do EURO Feminino

O UEFA.com antevê o Grupo A, no qual a anfitriã Suécia defronta as vizinhas Dinamarca e Finlândia, além da Itália, duas vezes vice-campeã, em jogos em Gotemburgo e cujo início acontece esta quarta-feira.

CALENDÁRIO DO GRUPO A

Dinamarca
A Dinamarca é habitual nestas andanças e na Suécia espera conseguir emendar o facto de ser apontada como uma selecção que se qualifica para as fases finais, mas quase nunca progride na prova.

Melhor desempenho: meias-finais 1984, 2001

Qualificação: Vencedora do Grupo 7, J8 V7 E0 D1 GM28 GS3 Pts21

Melhor marcadora da qualificação: Pernille Harder 9

Jogadoras importantes:
Sanne Troelsgaard (médio, Brøndby IF), Johanna Rasmussen (avançada, Kristianstad DFF), Pernille Harder (avançada, Linköping FC)

Seleccionador: Kenneth Heiner-Møller

Discurso directo: "Defrontámos a Finlândia algumas vezes e é muito forte fisicamente. Nunca joguei contra Itália antes, de modo que estou ansiosa porque isso aconteça. Penso que vamos ter um bom desempenho." – Katrine Veje

Finlândia

A Finlândia possui longa história no futebol feminino e disputou o primeiro jogo internacional em 1973, mas foi somente na última década que aumentou de estatuto.

Melhor desempenho: meias-finais 2005

Qualificação:
Vencedora do Grupo 5, J8 V6 E1 D1 GM22 GS4 Pts19

Melhor marcadora da qualificação: Sanna Talonen 6

Jogadoras importantes: Katri Nokso-Koivisto (médio, Lillestrøm SK), Sanna Talonen (avançada, KIF Örebro DFF), Annica Sjölund (avançada, Jitex BK)

Seleccionador: Andrée Jeglertz

Discurso directo: "Acredito mesmo que o nosso sucesso vai continuar. Creio termos a capacidade para jogar bem neste torneio." – Annika Kukkonen

©UEFA.com

Itália
O registo perfeito da Itália na qualificação terminou no empate 0-0 com a Grécia, numa altura em que tinha o apuramento garantido, mas o facto de não ter sofrido qualquer golo em dez jogos é sinal para ter em conta.

Melhor desempenho: vice-campeãs 1993, 1997

Qualificação: Vencedora do Grupo 1, J10 V9 E1 D0 GM35 GS0 Pts28

Melhor marcadora da qualificação: Patrizia Panico 9

Jogadoras importantes: Sara Gama (defesa, ACF Brescia Femminile), Pamela Conti (médio, FK Zorkiy Krasnogorsk), Patrizia Panico (avançado, ASD Torres CF)

Seleccionador: Antonio Cabrini

Discurso directo: "Penso que um dos pontos fortes é o nosso futebol pelo chão, somos boas nisso. Se estivermos aptas fisicamente podemos impor o nosso jogo e circular a bola rapidamente, o que é o nosso estilo." – Sara Gama

©Sportsfile

Suécia (anfitriã)
A Suécia venceu a edição inaugural do Campeonato da Europa Feminino em 1984 e espera finalmente conquistar novo torneio internacional, em casa, 29 anos depois.

Melhor desempenho: vencedora 1984

Qualificação: Automaticamente na qualidade de anfitriã

Jogadoras importantes: Nilla Fischer (defesa, Linköpings FC), Caroline Seger (médio, Tyresö FF), Lotta Schelin (avançada, Olympique Lyonnais)

Seleccionadora: Pia Sundhage

Discurso directo: "No papel talvez sejamos melhores do que as outras três equipas, por isso se tudo correr de acordo com o plano iremos seguir em frente com três vitórias no grupo. Mas vai ser difícil." – Nilla Fischer

Última actualização: 10-07-13 18.13CET

http://pt.uefa.com/womenseuro/news/newsid=1969695.html#antevisao+grupo+a+euro+feminino