O "site" oficial do futebol europeu

Seger: Fase final na Suécia será "algo de grandioso"

Publicado: Terça-feira, 2 de Julho de 2013, 9.20CET
A Suécia está no centro das atenções, pronta para dar início à fase final como anfitriã e uma das suas principais jogadoras, Caroline Seger, afirma-se preparada para "algo grandioso".
por Jo Juvet
Seger: Fase final na Suécia será "algo de grandioso"
Caroline Seger falou ao UEFA.com ©Sportsfile
 

Fotografias

  • Lieke Martens (Netherlands)
  • Vivianne Miedema (Netherlands)
  • Sherida Spitse (Netherlands)
  • Desiree van Lunteren (Netherlands)
Publicado: Terça-feira, 2 de Julho de 2013, 9.20CET

Seger: Fase final na Suécia será "algo de grandioso"

A Suécia está no centro das atenções, pronta para dar início à fase final como anfitriã e uma das suas principais jogadoras, Caroline Seger, afirma-se preparada para "algo grandioso".

A Suécia encontra-se no centro das atenções, pronta para, na qualidade de anfitriã, dar início ao UEFA Women's EURO 2013, na próxima semana, e uma das suas principais jogadoras, Caroline Seger, afirma-se preparada para "algo grandioso". A centrocampista do Tyresö FF, de 28 anos, mais de 100 vezes internacional pelo seu país, falou ao UEFA.com sobre as perspectivas da Suécia para o torneio.

UEFA.com: Como é, neste momento, o ambiente que se vive na Suécia?

Caroline Seger: Sente-se que vai acontecer algo grandioso e não são muitos os países que têm oportunidade de albergar uma prova como esta. Espero que as pessoas desfrutem e corram a comprar bilhetes, embora já tenham sido vendidos bastantes.

UEFA.com: O que significa para si jogar este torneio em casa, na Suécia?

Seger: É fantástico para qualquer futebolista. Já estive em muitos torneios deste género, mas nenhum a jogar em casa. Sei que não vou voltar a ter uma oportunidade como esta, pelo que vou tentar aproveitá-la ao máximo.

UEFA.com: O que mais a impressiona na selecção da Suécia, actualmente?

Seger: Penso que temos uma geração extremamente entusiasmante a emergir. A nossa nova treinadora, Pia Sundhage, consegue sempre despertar novas qualidades nas jogadoras, que estas pensavam não possuir. Trata-se de uma pessoa muito inspiradora, capaz de retirar o melhor de todas as jogadoras. Mas acima de tudo, o que mais destaco são a juventude e o entusiasmo que actualmente nos caracterizam.

UEFA.com: O quanto será importante um arranque positivo no primeiro jogo, frente à Dinamarca?

Seger: [No passado] fomos criticadas por não conseguirmos vencer os nossos jogos de estreia, mas isso mudou. É sempre muito importante entrar com o pé direito num torneio como este. Vai ser um jogo especial, frente a uma selecção vizinha. São duas equipas que se conhecem na perfeição. Acaba sempre por ser um encontro muito físico e sei que a Dinamarca também conta com muitas jogadoras jovens. Vai ser um jogo em que tudo estará em aberto.

UEFA.com: Itália e Finlândia serão as vossas outras adversárias no grupo; o que espera destas selecções?

Seger: Já jogámos duas vezes contra a Finlândia. É uma equipa com várias jogadoras que actuam na Liga sueca e esperamos um jogo semelhante ao embate com a Dinamarca. Espero que consigamos ter mais tempo de posse de bola e jogar com maior liberdade. Contra a Itália já jogámos muitas vezes; trata-se de uma equipa extremamente dotada tecnicamente.

Última actualização: 02-07-13 10.43CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Federações membro
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/womenseuro/news/newsid=1968463.html#seger+fase+final+suecia+sera+algo+grandioso