O "site" oficial do futebol europeu

Inglaterra vitoriosa, Alemanha falha

Publicado: Quinta-feira, 14 de Março de 2013, 8.42CET
Na preparação para o EURO Feminino de 2013, a Inglaterra bateu o Canadá na final da Cyprus Cup, enquanto a Alemanha viu esse desejo ser-lhe negado na Algarve Cup pelos Estados Unidos.
Inglaterra vitoriosa, Alemanha falha
Inglaterra festeja com o troféu da Cyprus Cup ©UEFA.com
 

Fotografias

  • Lieke Martens (Netherlands)
  • Vivianne Miedema (Netherlands)
  • Sherida Spitse (Netherlands)
  • Desiree van Lunteren (Netherlands)
Publicado: Quinta-feira, 14 de Março de 2013, 8.42CET

Inglaterra vitoriosa, Alemanha falha

Na preparação para o EURO Feminino de 2013, a Inglaterra bateu o Canadá na final da Cyprus Cup, enquanto a Alemanha viu esse desejo ser-lhe negado na Algarve Cup pelos Estados Unidos.

A Inglaterra vai disputar o EURO Feminino 2013, em Julho, tendo já conquistado um troféu no corrente ano, isto após bater o Canadá na final da Cyprus Cup, enquanto a Alemanha viu ser-lhe negada igual distinção na Algarve Cup pelos Estados Unidos.

Quatro das 12 equipas que vão estar presentes na Suécia em Julho competiram no Chipre enquanto outras cinco disputaram a Algarve Cup, no sul de Portugal. Disputaram-se também jogos de atribuição de lugares finais na Algarve Cup com a presença da Noruega, Suécia, Dinamarca e Islândia, ao passo que Itália, Holanda e Finlândia participaram no torneio cipriota.

A França, detentora do troféu, não fez a defesa do título este ano mas o Canadá - que disputou as últimas cinco finais do torneio, tendo vencido três - ofereceu forte réplica a Inglaterra. No entanto, um golo apontado aos 70 minutos, por Rachel Yankey, deu a vitória à equipa que eliminara a Grã-Bretanha nos quartos-de-final do torneio olímpico, em 2012. Este triunfo pode ser um bom presságio para a Inglaterra, pois bateu o Canadá no desempate por grandes penalidades há quatro anos, antes de disputar a fase final do EURO Feminino  de 2009.

Nos jogos de atribuição dos restantes lugares, a Suíça perdeu 2-1 com a Nova Zelândia e foi quarta classificada, a Holanda terminou em sexto após derrotar a Escócia por 1-0, a Finlândia impôs-se à República da Irlanda por 1-0 e foi sétima com um golo de Sanna Talonen, enquanto a Itália terminou em nono por ter vencido a Coreia do Sul  por 1-0 e a Irlanda do Norte, após empate 1-1 ao cabo de 90 minutos, foi batida por 5-3 nos penalties pela África do Sul e acabou na 12ª posição.

No Algarve, a Alemanha, detentora do troféu, tinha esperança de repetir a vitória da final de 2006 frente aos Estados Unidos, selecção contra a qual perdera também em 2005 e 2010. No entanto, foram as norte-americanas a somar o terceiro triunfo em quatro finais com as germânicas, num total de nove jogos, graças a dois golos apontados na primeira parte da autoria de Alex Morgan. A extremo Megan Rapinoe, do Olympique Lyonnais, foi eleita a melhor jogadora do torneio.

A Noruega terminou no terceiro posto ao impor-se à Suécia, anfitriã do EURO Feminino de 2013, por 5-4 na marcação de grandes penalidades e depois de empate 2-2, obtido com golo de Ada Hegerberg, no final do tempo regulamentar. Antonia Göransson tinha reposto a vantagem da Suécia no início da segunda parte, mas a Noruega respondeu com Kristine Hegland depois de Kosovare Asllani ter inaugurado o marcador.

O Japão impôs-se à China por 1-0 e ficou terceiro, enquanto a Dinamarca foi sétima mercê dos golos apontados por Sine Hoveson, Pernille Harder e Julie Rydahl Bukh ao México. A Islândia venceu por 4-1 a Hungria, que acabou em nono, com os golos da equipa vencedora a pertencerem a Sara Björk Gunnarsdóttir, Rakel Hönnudóttir, Katrín Ómarsdóttir e Sandra Jessen. Portugal terminou no 11º lugar após vencer o País de Gales por 3-1, nas grandes penalidades, após o empate 1-1 no final dos 90 minutos.

Última actualização: 14-03-13 15.03CET

http://pt.uefa.com/womenseuro/news/newsid=1930178.html#inglaterra+vitoriosa+alemanha+falha