O "site" oficial do futebol europeu

Itália e Alemanha já apuradas

Publicado: Sábado, 16 de Junho de 2012, 21.15CET
Uma vitória por 9-0 permitiu à Itália ser a primeira equipa a garantir a presença na fase final do próximo Verão, na Suécia, onde vai ter a companhia da Alemanha, que se apurou sem jogar este sábado.
por Paul Saffer
Itália e Alemanha já apuradas
O triunfo da Suíça sobre a Espanha valeu o apuramento à Alemanha ©Keystone
Publicado: Sábado, 16 de Junho de 2012, 21.15CET

Itália e Alemanha já apuradas

Uma vitória por 9-0 permitiu à Itália ser a primeira equipa a garantir a presença na fase final do próximo Verão, na Suécia, onde vai ter a companhia da Alemanha, que se apurou sem jogar este sábado.

Itália e Alemanha são as duas primeiras equipas apuradas para o UEFA Women’s EURO 2013 – a campeã sem sequer jogar – enquanto a Áustria conseguiu, pelo menos, garantir o "play-off", num dia agitado que resumimos em baixo.

Os vencedores dos grupos e o melhor segundo classificado (sem contar com os resultados frente aos terceiros classificados nos Grupos 1, 2 e 3, compostos por seis equipas) quando a fase de grupos terminar, em Setembro, apuram-se para a fase final do UEFA Women's EURO 2013, de 10 a 28 de Julho, juntamente com a anfitriã Suécia. Os outros seis segundos classificados vão competir no "play-off" pelas restantes três vagas.

Grupo 1
O novo treinador da Itália, Antonio Cabrini, sabia que uma vitória sobre a ARJ da Macedónia garantia o primeiro lugar, a dois jogos do fim, e a sua equipa impôs-se com uma goleada por 9-0 no Stadio Olimpico de Turim, com um "hat-trick" de Patrizia Panico. As "azzurre" têm agora 34 golos marcados e nenhum sofrido, contando por vitórias os oito jogos realizados. A Rússia tem mais dois pontos que a Polónia na corrida pelo segundo lugar, depois de ter vencido a Grécia por 4-0, enquanto a Polónia venceu a Bósnia-Herzegovina, fora, por 2-0. Rússia e Polónia jogam a meio desta semana, com o acesso ao "play-off", ou mesmo a vaga como o melhor segundo classificado, no pensamento.

Grupo 2
A Alemanha não jogou, depois de ter vencido a Roménia por 5-0 no final de Maio, mas agora já não pode ser ultrapassada na tabela, depois de a Espanha ter perdido por 4-3 na Suíça. As helvéticas estiveram duas vezes em desvantagem, antes de o segundo golo de Ramona Bachmann, aos 80 minutos, ter feito o empate, cabendo à suplente Selina Zumbühl fazer o golo da vitória, pouco depois, para delírio do público da casa. A Espanha sabe que triunfos sobre Turquia, na quinta-feira, e Roménia, a 19 de Setembro, permitem destronar a Suíça do segundo lugar, mas a derrota de hoje é um revés para as suas aspirações em ser o melhor segundo classificado.

Grupo 3
Islândia e Noruega venceram os respectivos jogos em atraso e destronaram a Bélgica do primeiro lugar. A Islândia lidera, com um golo madrugador de Margrét Lára Vidarsdóttir a abrir caminho para uma vitória por 3-0 frente à Hungria. A Noruega está a um ponto, mas à frente da Bélgica pela mesma margem, após ter vencido a Bulgária por 11-0. Isabell Herlovsen deu nas vistas, com cinco golos. Na quarta-feira, a Bélgica desloca-se até à Hungria e a Noruega recebe a Irlanda do Norte – no quarto lugar, a cinco pontos do primeiro. No dia seguinte, a Bulgária defronta a Islândia, cuja deslocação até à Noruega, em Setembro, parece ser decisiva.

Grupo 4
Com a França bem destacada na liderança, após seis vitórias em igual número de jogos, a Escócia está em boa posição na luta pelo segundo lugar. Ganhou por 8-0 na recepção a Israel, inspirada por um "hat-trick" de Kim Little na primeira parte, mas a República da Irlanda foi surpreendida em casa pelo País de Gales, por 1-0, que tem a agradecer a inspiração da guarda-redes Nicola Davies, antes de Helen Lander ter marcado o único golo do jogo, aos 71 minutos. A Escócia tem mais três pontos que Gales – que conta com um jogo a mais – e quatro que a Irlanda, que recebe a segunda classificada na quinta-feira. Se a Escócia não ganhar, a França fica automaticamente apurada.

Grupo 5
A Finlândia ficou mais perto da sua terceira fase final consecutiva graças à vitória por 2-1 na Ucrânia. Sanna Talonen foi elemento decisivo, inaugurando o marcador aos 35 minutos, de cabeça, após cruzamento de Pernilla Nordlund. E apesar de Olena Khodyreva ter aproveitado um ressalto para chegar ao merecido empate, a meio da segunda parte, Marianna Tolvanen assistiu Talonen para o golo da vitória, a cinco minutos do fim. A invicta Finlândia tem mais seis pontos que Ucrânia e Eslováquia – que se defrontam na quarta-feira – e mais três que o seu próximo adversário, a Bielorrússia, que teve dificuldades para bater a Estónia, por 4-2.

Grupo 6
O jogo-chave neste grupo, entre Inglaterra e Holanda, realiza-se no domingo, em Salford, mas os resultados nos Grupos 2 e 7 (senão mesmo no Grupo 1) foram boas notícias para a equipa que terminar no segundo lugar. No jogo de hoje, a Sérvia garantiu praticamente o terceiro lugar, ao vencer na Croácia por 4-1.

Grupo 7
A Dinamarca ganhou os cinco jogos disputados, mas a nova líder é a Áustria, que garantiu pelo menos o acesso ao "play-off", pela primeira vez no seu historial, ao vencer a República Checa, por 3-2. O momento-chave em Praga aconteceu aos 39 minutos, quando a capitã checa, Iva Mocová, foi expulsa por mão na bola e Sarah Puntigam converteu o penalty. Cada uma das equipas marcou um golo no tempo de compensação da primeira parte, antes de o tento de Nina Burger, aos 63 minutos, ter garantido que o golo tardio de Petra Divišová não foi mais que mera consolação. A Áustria, com dois jogos a mais, tem mais um ponto que a Dinamarca. A República Checa precisa de uma vitória em Vejle, na quarta-feira, para manter hipóteses matemáticas de apuramento. Quanto a Portugal, que não esteve em acção este fim-de-semana e a quem falta um jogo, já não sairá do quarto lugar, com seis pontos.

Última actualização: 17-06-12 10.10CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/womenseuro/news/newsid=1824291.html#italia+alemanha+apuradas