Carolina Mendes acredita que Portugal pode ir ainda mais além

Autora do primeiro golo de Portugal em fases finais femininas sénior, no triunfo sobre a Escócia, Carolina Mendes falou com o UEFA.com sobre a "sensação fantástica" que viveu.

Carolina Mendes parte para os festejos após apontar o primeiro golo de Portugal em fases finais de grandes competições femininas sénior
©Getty Images

Uma das heroínas do triunfo sobre a Escócia na segunda jornada do Grupo D do UEFA Women’s EURO, ao fazer história com o primeiro golo de sempre de Portugal em fases finais de grandes competições femininas sénior, Carolina Mendes esteve à conversa com o UEFA.com antes do decisivo encontro desta quinta-feira, frente à Inglaterra.

"Foi uma sensação fantástica. Senti uma enormidade de emoções. Quando vi a bola entrar, muita coisa passou pela minha cabeça. Foi uma alegria imensa", referiu sobre o golo que abriu caminho à histórica vitória, por 2-1, da selecção portuguesa. Um triunfo extremamente importante que mantém acesso o sonho do apuramento para a selecção lusa. "Se tivéssemos perdido estávamos eliminadas. Assim, mantemos viva a esperança de ir o mais longe possível no torneio. É sempre bom ganhar", destacou.

Carolina Mendes destaca o desenvolvimento que o futebol feminino tem vivido em Portugal nos últimos tempos
Carolina Mendes destaca o desenvolvimento que o futebol feminino tem vivido em Portugal nos últimos tempos©Sportsfile

Carolina, que se descreve como "uma jogadora que gosta de ter a bola nos pés, entrar na área e rematar", falou sobre o desenvolvimento do futebol feminino em Portugal nos últimos tempos. "Neste momento, o futebol feminino em Portugal está a desenvolver-se bastante. E o facto de estarmos pela primeira vez na fase final de um grande torneio dá ainda mais visibilidade ao nosso futebol feminino, servindo de incentivo para que mais raparigas jovens pratiquem este desporto."

"O objectivo passa mesmo por aí: aumentar o número de praticantes do sexo feminino, e o facto de estarmos a conseguir bons resultados atrai maior cobertura por parte da comunicação social. Isso é fundamental para cativar as novas gerações", frisou Carolina, de 29 anos, que apenas começou a jogar futebol aos 16.

Sobre os preparativos para o decisivo embate desta quinta-feira com a Inglaterra, Carolina afirmou: "Estamos a prepará-lo como preparamos qualquer outro jogo. O facto de irmos defrontar uma selecção como a Inglaterra não muda a nossa preparação. Sabemos que se trata de umas das equipas mais fortes deste Women’s EURO e que vai ser um grande desafio para nós. Mas vamos manter-nos fiéis ao nosso plano e dar o nosso melhor. Acredito que é possível passarmos aos quartos-de-final". Depois, concluiu: "Todas nós estamos muito felizes com esta oportunidade de realizar o sonho de estar num EURO. Queremos aproveitar ao máximo e mostrar que não é por mero acaso que estamos aqui."

Topo