O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Empate apura Noruega e França

Noruega 1-1 França
A igualdade permitiu a ambas as selecções carimbarem o passaporte para os quartos-de-final do Campeonato da Europa.

Camilla Abily festeja depois de apontar o golo da igualdade
Camilla Abily festeja depois de apontar o golo da igualdade ©Getty Images

França e Noruega empataram a um golo no Estádio de Futebol de Helsínquia, resultado que permitiu a ambas as selecções carimbarem o passaporte para os quartos-de-final do UEFA WOMEN'S EURO 2009™.

Em frente
Lene Storløkken deu vantagem à Noruega aos quatro minutos, mas uma determinada selecção francesa necessitou de apenas mais 12 minutos para restabelecer a igualdade, por intermédio de Camille Abily. No segundo tempo as duas equipas ficaram em branco, ditando o primeiro empate da competição, ao 16.º jogo. A França, como segunda classificada do Grupo B, vai defrontar a Holanda nos quartos-de-final, em Tampere, a 3 de Setembro, enquanto a Noruega tem garantido um dos dois melhores terceiros lugares, mas apenas segunda-feira ficará a saber se defrontará a Finlândia ou a vencedora do Grupo C nos quartos-de-final. Este resultado significa que a Dinamarca, terceira classificada do Grupo A, ainda não sabe se continuará, ou não, em prova.

Golo a abrir
Embora as duas equipas soubessem, à partida, que uma igualdade seria suficiente para ambas, ficou claro logo a partir dos instantes iniciais que ninguém iria jogar para o empate. A França já se havia visto em desvantagem nos dois anteriores encontros e essa tendência teve seguimento com a Noruega a inaugurar o marcador bastante cedo, praticamente no seu primeiro lance de ataque. Isabell Herlovsen fugiu pelo flanco esquerdo e Storløkken antecipou-se a Sonia Bompastor, correspondendo com êxito ao cruzamento e batendo Sarah Bouhaddi.

França chega ao empate
A resposta da França, contudo, não tardou. Sandrine Soubeyrand desferiu um remate indefensável que só parou na trave, antes de Abily conseguir mesmo o golo do empate, depois de receber a bola de Louisa Nécib e trabalhar bem com o calcanhar antes de rematar certeiro ao canto inferior, em queda. As oportunidades de golo continuaram a surgir nas duas balizas, com destaque para um bom cabeceamento de Solveig Gulbrandsen e um remate de Élodie Thomis, travado pela guardiã Ingrid Hjelmseth. Mas, aos poucos, à medida que a primeira parte ia avançando, a alta velocidade do início de jogo foi-se reduzindo.

Luta a meio-campo
A Noruega, finalista vencida em 2005, que entrou neste UEFA WOMEN'S EURO 2009™ com uma derrota de 4-0 diante da Alemanha, batendo de seguida a Islândia por 1-0, pareceu entrar melhor depois do intervalo, mas nenhuma das equipas conseguia criar reais ocasiões de golo. O facto de o resultado servir às duas equipas fez com que a partida passasse a ser disputada mais no meio-campo, com as atacantes muito sós na frente, limitando-se a acorrer a passes em profundidade.

Susto perto do final
A França, que nas duas primeiras jornadas havia batido a Islândia por 3-1 e perdido com a Alemanha, vencedora do grupo, por 5-1, mostrava melhores atributos a nível individual, mas tal de nada parecia valer na forma como o encontro decorria e as gaulesas tiveram ainda de sobreviver a um susto perto do final, quando a recém-entrada Leni Larsen Kaurin rematou ao lado na sequência de um pontapé de canto.

1.537 espectadores