Portugal faz história e continua a sonhar

Escócia 1-2 Portugal
Frente à também estreante Escócia, Portugal somou o seu primeiro triunfo no Women's EURO e mantem-se na luta pelos quartos-de-final.

Highlights: Scotland v Portugal

Portugal fez história em Roterdão. Diante da Escócia, também estreante em fases finais do Women's EURO, a selecção portuguesa somou o seu primeiro triunfo de sempre e manteve, assim, aceso o sonho do apuramento para os quartos-de-final.

Carolina Mendes entrou para a história do futebol português ao assinar o primeiro golo da história da selecção das quinas em fases finais de grandes competições femininas, a meio da primeira parte. A Escócia ainda restabeleceu o empate, com Erin Cuthbert a saltar do banco para fazer aquele que foi também o primeiro golo de sempre das escocesas na competição, mas logo depois, Ana Leite, igualmente vinda do banco, recolocou Portugal na frente fixando o resultado em 2-1.

A Escócia até entrou melhor no jogo, criando os primeiros lances de perigo da primeira parte, com Patrícia Morais, guarda-redes de Portugal, a brilhar a grande altura para segurar o nulo, vendo a bola bater no poste da sua baliza logo depois. Porém, na sequência de um contra-ataque rápido conduzido por Diana Silva, Carolina aproveitou uma intervenção infeliz de uma defensora escocesa para inaugurar o marcador, fazendo o 1-0 com que se saiu para o intervalo.

Na segunda parte a Escócia tardou a reagir, mas foi crescendo e conseguiu chegar ao empate num bonito lance de entendimento entre as suas atacantes. Coube à jovem suplente de 19 anos Cuthbert assinar o 1-1, com uma bonita finalização na cara de Patrícia Morais. A igualdade, contudo, não durou muito. Ana Leite estava em campo há poucos minutos quando, desmarcada por Amanda da Costa, se isolou e, apesar da pressão de uma defesa adversária, tocou a bola para o fundo da baliza escocesa à saída da guarda-redes, selando o histórico triunfo português.

Portugal vai assim entrar em campo na terceira jornada, quinta-feira, ante a Inglaterra, terceira classificada do último Campeonato do Mundo Feminino da FIFA, ainda na luta por um lugar na fase seguinte da prova, os quartos-de-final. Uma tarefa que não se adivinha fácil, mas o sonho mantém-se vivo.

Topo