O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

A jovem cidade de Milton Keynes é um dos locais com maior crescimento no Reino Unido. Localizada entre Londres e Birmingham, é a maior e mais bem-sucedida “cidade nova” do pós-guerra e conta com mais de 250.000 habitantes e uma economia próspera. Milton Keynes é líder mundial em inovação sustentável inteligente e tecnologia verde.

Registe o seu interesse em bilhetesJogos em Milton Keynes

Sexta-feira, 8 de Julho: Jogo do Grupo B
Terça-feira, 12 de Julho: Jogo do Grupo B
Sábado, 16 de Julho: Jogo do Grupo B
Quarta-feira, 27 de Julho: meia-final

O que fazer

Milton Keynes é conhecida pelos seus espaços verdes e parques, que atraem milhares de visitantes todos os anos. O centro comercial Centre MK tem lojas de inúmeras marcas famosas mas há também muito para ver e fazer no Xscape, Theatre District e MK Gallery. O MK Museum está situado nos arredores da histórica cidade ferroviária de Wolverton e as lendas históricas de Stony Stratford também não ficam longe.

Destination MK

Herança futebolística

A bancada mais antiga de um estádio de futebol do Reino Unido (que pertencia ao Wolverton AFC) fica em Milton Keynes e o clube mais representativo da cidade é o MK Dons. O Stadium MK foi inaugurado em 2007 e recebeu jogos do Campeonato do Mundo de Râguebi em 2015.

A cidade conta com 390 clubes de futebol federado dos escalões jovens, masculinos e femininos, 72 equipas de seniores masculinas e femininas e 20 equipas de pessoas portadoras de deficiência. É também o local onde nasceu o internacional inglês Dele Alli.

Objectivos a nível local

O UEFA Women's EURO 2022 vai ser um trampolim para o crescimento sustentado do futebol feminino em Inglaterra. Em Milton Keynes, o programa visa:

• Aumentar as oportunidades para que raparigas entre os 5 e os 11 anos possam jogar futebol competitivo ou por lazer.

• Aumentar o número de escolas que incluam o futebol feminino, dentro e fora do currículo, através de parcerias com escolas de futebol feminino.

• Criar mais oportunidades e mais variadas para que raparigas possam jogar, treinar ou arbitrar, com atenção especial para as comunidades que estão pouco representadas.

Tudo para:

• Duplicar o número de treinadoras e árbitras federadas.

• Uma oferta de futebol inclusiva, com um mínimo de 26% de participantes, treinadores e árbitros de comunidades etnicamente diversificadas.

• Estabelecer 22 novas parcerias entre escolas e clubes até 2024.

Mais sobre Milton Keynes